Além de auxiliar na realização de tarefas cotidianas, o Google Assistant também tem um propósito inusitado: fazer você rir. Para tornar isso possível, o Google empregou a ajuda de roteiristas que trabalharam em projetos da Pixar e no site The Onion, espécie de equivalente norte-americano a páginas como O Sensacionalista.

O objetivo dos profissionais é permitir que o assistente de voz se torne mais vibrante e solto em suas respostas — algo necessário para uma solução que se propõem a estabelecer conversas em ritmo constante. Embora soluções como a Siri e a Cortana também sejam capazes de contar piadas, o Google pretende oferecer uma experiência mais natural ao empregar pessoas acostumadas com a área.

Os primeiros resultados desse esforço devem ser notados ainda no final de outubro, quando o smartphone Google Pixel chega oficialmente às lojas dos Estados Unidos. A novidade também deve ser empregada no sistema de automação Google Home, que deve começar a surgir nas lojas a partir de novembro.

Cupons de desconto TecMundo: