(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

A rede social da Google pode até ter atingido a marca de 100 milhões de cadastros, mas isso não quer dizer que ela seja um sucesso. E se antes tudo não passava de especulações, agora temos provas concretas, graças a um estudo feito pela RJ Metrics.

Depois de analisar um total de 40 mil contas aleatórias do serviço, a pesquisa confirmou o que todos esperavam: apenas um pequeno número de pessoas realmente continua acessando o Google Plus depois do cadastro obrigatório para quem utilizava outros produtos da empresa. Entre os resultados mostrados, a RJ Metrics trouxe os seguintes dados:

  • Os posts feitos na rede tem uma média de menos de um +1, menos de um comentário e menos de um compartilhamento;
  • 30% das pessoas que fazem um post público nunca fazem um segundo. Dos que restaram, 15% deles não passam da marca de cinco postagens;
  • A média de tempo entre cada postagem, mesmo para as pessoas que participam ativamente do Google Plus, é de 12 dias;
  • O número médio de postagens feitas pelos membros do serviço tende a diminuir a cada mês que passa.

Pelo visto, o Google Plus pode estar resistindo, mas sua decadência deve aumentar cada vez mais, com o passar do tempo.

Fonte: RJ Metrics

Cupons de desconto TecMundo: