Nível de ataques ao serviço é menor que 1%. (Fonte da imagem: Divulgação/Google)

A Google divulgou em um de seus blogs oficiais que, desde 2011, quando iniciou novos esforços para impedir que contas do Gmail fossem hackeadas, o número de ocorrências desse tipo caiu 99,7% até o fim de 2012. Ou seja, o serviço de emails da empresa foi praticamente blindado contra os ataques de spammers e outros tipos de criminosos.

De acordo com a empresa, a segurança do serviço foi reforçada pela adoção de 120 novas variantes que avaliam a situação na hora do login mesmo que um endereço de email válido e uma senha verdadeira sejam utilizados. Ou seja, se o spammer tentar enviar aqueles pedidos de ajuda falsos, ou links para serem clicados, o Gmail vai utilizar essas variantes para determinar se ele pode ou não entrar de fato na sua conta.

Um dos métodos adicionados é a confirmação do número de celular utilizado, perguntas respondidas na criação da conta etc. Essas medidas são acionadas quando alguém tenta acessar sua conta a partir de um local estranho, por exemplo, entre outras situações.

Para chegar a esse alto índice de segurança, a Google diz ter observado o comportamento desses criminosos ao tentar fazer login em contas do Gmail com senhas roubadas. Dessa maneira, o índice de falha na segurança ficou em menos de 1% em quase dois anos. 

Cupons de desconto TecMundo: