Considerado por muitos um dos melhores editores de imagens gratuitos, o GIMP (acrônimo para GNU Image Manipulation Program) é um programa repleto de recursos, fácil de usar e uma excelente alternativa ao mais famoso dos editores, o poderoso Adobe Photoshop.

Originalmente criado para Linux, este software faz parto do Projeto GNU (projeto iniciado por Richard Stallman, que visava criar um sistema operacional totalmente livre) e já há algum tempo existem versões para Windows e para Mac. Característica marcante – e também desaprovada por alguns usuários – é a organização em janelas flutuantes, ao invés de agrupadas dentro de uma janela única.

Caixa de Ferramentas do GIMPCaso você deseje deixar o GIMP visualmente semelhante ao Photoshop - principalmente quanto ao gerenciamento das janelas - tente o complemento GIMPShop. De qualquer maneira, as inúmeras funções presentes neste simples programa, mais leve e menor que muitos congêneres, sem dúvida nenhuma justificam o fato dele ser um dos campeões de downloads da categoria Editores de Imagem no Baixaki.

Recursos

Ao contrário do que muitos pensam, o GIMP é possuidor de muitos recursos avançados e a sua utilização tem aumentando consideravelmente. Ele trabalha com camadas, é capaz de vetorizar imagens e pode aplicar efeitos avançados de maneira simples. Possui um menu de filtros, que pode ser acessado na barra de ferramenta, em cada janela de imagem aberta pelo programa.

Ferramentas

O GIMP possui mais de 40 ferramentas diferentes para suprir qualquer necessidade gráfica daqueles que optam por este programa. As ferramentas estão dividas em quatro categorias (Seleção, Pintura, Transformação e Cor), além de Vetores, Seletor de Cores, Zoom, Medida e Texto.

As Ferramentas de Seleção são: Seleção Retangular, Seleção Elíptica (circular), Seleção Livre, Seleção Contígua (seleciona trechos contíguos a partir da cor), Seleção por Cor e Seleção de Frente (seleciona objetos em uma imagem, separando-os do fundo). O programa possui ainda uma Ferramenta de Corte, que funciona semelhantemente a uma de Seleção, só que guilhotina o trecho selecionado da imagem, apagando o restante.

Efeito de desenho utilizando o GIMP


As Ferramentas de Pintura são: Preenchimento, Misturar (cria dégradés a partir de duas cores), Lápis, Pincel, Borracha, Aerógrafo, Tinta, Clonar, Restaurar, Clonagem Perspectiva, Desfoca / Deixa Nítido, Borrar e Sub-exposição / Super-exposição. As Ferramentas de Transformação são: Alinhar, Mover, Cortar, Rotacionar, Redimensionar, Inclinar, Perspectiva e Espelhar.

As Ferramentas de Cor, por fim, são: Equilíbrio de Cores, Matiz-Saturação, Colorizar, Brilho e Contraste, Limite, Níveis, Curvas e Posterizar. A partir de todas estas ferramentas, é possível editar e transformar imagens, aplicar efeitos de cor a toda imagem ou somente a um trecho dela, redimensioná-la, consertar alguns defeitos, aplicar degradês, entre outras aplicações.

Filtros

Filtros são os efeitos que o GIMP aplica em suas imagens. Ao todo, são mais de 140 filtros diferentes para você melhorar a qualidade ou decorar suas fotos, dar a elas um efeito especial ou ainda criar um logotipo, uma animação. Os filtros estão divididos em 15 diferentes categorias. São elas: Desfocar, Realçar, Distorções, Sombra e Luz, Ruído, Detectar Borda, Genéricos, Combinar, Artísticos, Mapear, Renderizar, Web, Animação, Alfa para Logo (para a construção de logotipos) e Decoração.

Extras

Efeito incandecente, aplicado utilizando o GIMPNa Caixa de Ferramentas (a janela principal do GIMP), há um menu chamado “Extras”. Esta ferramenta, muito interessante, permite ao usuário a criação automática de diversos objetos, dentre eles botões para sites, logotipos e texturas. O processo de criação por aqui se torna extremamente fácil. Para criar um logotipo, por exemplo, vá até o menu “Extras”, selecione

Atalhos

O GIMP, assim como outros programas de edição de imagem, possui atalhos no teclado que acessam funções e recursos do software. Contudo, o GIMP permite ao usuário editar e criar novos atalhos Para isso, clique em “Arquivo” e depois em “Preferências”. Lá, vá até “Interface” e então clique em “Configurar Atalhos do Teclado”.

Exportando imagens

Após realizar suas edições com o GIMP, você pode salvar o arquivo no formato padrão do programa, XCF. Este formato é editável e você pode concluir seu trabalho posteriormente. Porém, o GIMP suporta ainda outros formatos de saída de imagem e você poderá salvá-las em SVG, ICO, BMP, PSD, GIF, JPG, PNG, TIF e diversos outros formatos. Para tal, ao salvar uma imagem, digite a extensão desejada no campo para a escolha do nome do arquivo.

GIMP - Um dos melhores editores de imagens gratuitos existentes na internet

Outras informações

O GIMP permite a adição de novos gradientes, pincéis, texturas e fontes, permitindo que você melhore ainda mais as características do programa, deixando-o da melhor maneira possível para determinado uso.

Com o crescente uso do programa, usuários de diversas partes do mundo têm criado tutoriais e guias, ensinando aos demais utilizadores do GIMP diversas formas de utilização do programa. Sites na internet com este tipo de conteúdo são comuns e nada difícil de encontrar.

Cupons de desconto TecMundo: