Nos últimos anos, a Garmin tem investido pesado para trazer seus aparelhos de tracking de atividades físicas para o mercado brasileiro. Hoje, são várias as possibilidades que os consumidores podem encontrar em lojas especializadas em materiais esportivos, assessorias de performance e outros estabelecimentos. E um dos modelos que chamam bastante atenção é o Forerunner 735XT, que está entre os “top de linha” da empresa.

O preço sugerido pela Garmin no Brasil é de R$ 3.199, mas é possível encontrar o modelo facilmente por cerca de R$ 2.699. E será que vale a pena investir no dispositivo para dar um “up” nas suas corridas e em outras atividades físicas? É exatamente isso que vamos responder agora.

Esse modelo é considerado um dos top de linha da fabricante Garmin — sendo mais caro que o Active HR. Confira também o review que fizemos do modelo de entrada Forerunner 35.

Design

O Garmin Forerunner 735XT é um dos relógios mais avançados da atualidade para os atletas que treinam ou competem em eventos de triátlon. Por causa do grande número de recursos e funções gráficas que podem ser exibidos, ele utiliza um espaço um pouco maior do que modelos mais simples — sendo mais robusto que o Forerunner 35, por exemplo.

Mesmo assim, em apenas alguns minutos de utilização é possível se acostumar perfeitamente com ele — independente da tarefa que estiver sendo desempenhada —, pois o design não chega a ser considerado invasivo. Vale dizer que a pulseira é bem maleável e garante que o relógio se ajuste bem ao pulso sem qualquer incômodo.

O Garmin Forerunner 735XT é redondo e tem os botões bem localizados e de fácil acesso. Considerando o lado estético do aparelho, boas impressões. Ele é muito parecido com relógios esportivos clássicos, portanto excelente para quem não quer muita inovação.

Tela

Apesar de colorida, a tela do Forerunner 735XT possui resolução relativamente baixa, mas isso está longe de ser um problema. Ela é mais que suficiente para a exibição das funções gráficas existentes no dispositivo, e isso significa que os consumidores não vão ter dificuldades para enxergar as informações, principalmente pelo fato de ela ser ótima para a visualização mesmo em ambientes com muita claridade — graças ao eficiente sistema antirreflexo.

Como dissemos na análise do Forerunner 35: “Apesar de o primeiro impulso ser o de sentir a falta de uma tela sensível ao toque, basta se lembrar das principais funcionalidades do Forerunner 735 XT para entender que isso é um bom negócio. Afinal de contas, depois de longas atividades o suor nas mãos impediria um funcionamento adequado do aparelho”.

Recursos esportivos

O Forerunner 735XT é um relógio voltado aos atletas mais completos, contando com sistema de rastreamento de atividades de longa distância por GPS/GLONASS e também permitindo o tracking em local fechado — usando o medidor de batimentos cardíacos para calcular a intensidade dos treinos.

Com grande foco em triátlon, o relógio consegue capturar informações completas e muito detalhadas de corridas, ciclismo e natação — tanto calorias gastas quanto distâncias e esforço realizado.

Tracking completo e detalhado

Graças ao sistema de geolocalização que usa GPS e GLONASS, o relógio se mostrou muito mais preciso do que o Forerunner 35 em nossos testes — ambos foram usados simultaneamente. Tanto no ciclismo quanto nas corridas, houve menos de 10 metros de disparidade entre as informações do relógio e de outros equipamentos (ciclocomputador da bicicleta e Strava nas corridas; não apresentando medições de natação).

Apesar de não termos utilizado o Forerunner 735XT em natação, é preciso dizer que ele conta com duas ferramentas bem legais de tracking: uma para piscinas e outra para mar aberto. Com isso, os usuários podem ter mais precisão na medição de suas atividades, independente de onde está sendo feita cada uma delas.

O Garmin Forerunner 735XT é ideal para triatletas, tendo até mesmo tracking diferenciado para natação em piscina ou mar aberto

Esse relógio da Garmin ainda traz contador de passos autônomo (sem depender do GPS), definição de metas individuais e treinamentos integrados — para aumento de velocidade ou ganho de resistência, com tiros e rodagens.

Por fim, o sensor de batimentos cardíacos pode criar relatórios completos para os consumidores, mostrando o tempo em que as atividades mantiveram o metabolismo em zonas aeróbicas — o que é bem importante para os treinadores conseguirem criar planilhas mais assertivas de seus atletas.

Bateria

Um dos maiores destaques do Forerunner 735XT é a geolocalização por GLONASS, que trabalha junto com o GPS para dar resultados muito precisos. Isso acaba gerando uma redução na autonomia de bateria, que pode não ser suficiente para um atleta terminar uma prova de Ironman — caso ele leve mais do que 10 ou 11 horas.

Mesmo assim, o aparelho garante resultados perfeitos para os treinamentos diários dos atletas, principalmente pelo fato de que ele pode ser carregado completamente em cerca de 1 hora — ou seja, o intervalo de almoço é mais do que suficiente para isso.

Carregamento acontece com "conector jacaré"

Conexão com apps

O aplicativo Connect oficial da Garmin funciona muito bem com o Forerunner 35 e permite que os usuários tenham acesso a relatórios com bastante velocidade e detalhes gráficos — tanto para distâncias quanto para queima calórica, passos, ritmo das atividades e outras informações.

Por outro lado, não há como enviar as informações do Forerunner 735XT para outros apps de tracking com total fluidez. Para isso, é necessário utilizar apps como o Garmin Express ou fazer o upload de arquivos de log do dispositivo para outros aplicativos.

Dúvidas dos leitores

Durante o processo de review, abrimos espaço para perguntas dos leitores pelo nosso Instagram. Confira agora as respostas para alguns dos questionamentos que foram enviadas.

  • (Breno Alcântara) Eles marcam a hora? Sim! Eles funcionam também como relógios comuns, sendo bem confortáveis para isso, inclusive.
  • (tioago) Eles suportam colocar o medidor de batimentos cardíacos? O modelo 35 não permite, mas o Forerunner 735XT, sim!
  • (solrachum e allanwerner) Algum deles tem suporte para chip de telefone? Não! Eles possuem GPS autônomo, mas não contam com qualquer conexão à internet.
  • (Lukasmax) Tela colorida? Tem como mudar o estilo do visor? A tela do 735XT é colorida, sim! Não há muitas opções de personalização.
  • (leo_vieira.11) Qual é o SO? O sistema é próprio da Garmin.
  • (giovanni_lms) A proteção contra água abrange a água do mar também? No modelo 735XT existe a resistência à água do mar. Inclusive, o aparelho conta com tracking dedicado a essa atividade.

Vale a pena?

Como dissemos no início da análise, o preço sugerido pela Garmin no Brasil é de R$ 3.199, mas é possível encontrar o modelo facilmente por cerca de R$ 2.699. Mas vale a pena investir nele? A resposta pode ser “sim”, mas somente se você for um triatleta que leva o esporte realmente a sério.

O aparelho é muito completo e traz resultados incríveis para os consumidores, mas o preço é realmente restritivo e pode ser um desperdício se você não vai usar todas as funções dele a curto ou médio prazo. Se o seu perfil está mais voltado às atividades de ciclismo e corrida, modelos mais simples — como o próprio Forerunner 35 — podem dar total conta do recado.

Novamente: se você é um atleta que pedala, nada e corre com dedicação, quer uma das melhores opções de tracking digital do mercado e pode desembolsar o valor definido pela Garmin, não há dúvidas... O Garmin Forerunner 735XT realmente vale o investimento.

Cupons de desconto TecMundo: