A Microsoft fez uma bela pré-conferência para a Gamescom, com um portfólio promissor e que promete um 2016 recheado de exclusivos – inclusive triple-As de peso, como Quantum BreakScalebound e Crackdown, só para citar alguns. O RPG de ação, aliás, ganhou gameplay, detalhes sobre a história e o mundo de jogo e mais.

Durante uma apresentação a portas fechadas no evento da Alemanha, o diretor do game, Hideki Kamiya, e o produtor criativo Jean Pierre Kellams foram generosos e deram uma série de detalhes sobre algumas das mecânicas de jogo e mais ou menos o que os jogadores vão ver no mundo do game, previsto para 2016.

Conheça o mundo de Draconis e mais detalhes sobre o herói

O braço direito de Drew, o protagonista, é coberto por escamas, e o personagem possui pequenas garras em seus dedos, elementos que simbolizam sua ligação com o dragão. O animal, aliás, é controlado pela inteligência artificial e pode receber ordens de seu dono, como ir até um local, mirar num determinado alvo, defender ou atacar.

O mundo do jogo se chama Draconis e é governado por uma energia denominada “Pulse”, a qual dá forma à natureza e faz com que as ilhas flutuem. Mas essa energia é também responsável por permitir que Drew e seu companheiro voador lutem. Os personagens a usam para isso. Ela ainda preenche a forma de dragão de Drew, que é o superpoder do herói. Quando acionado, esse modo transforma o personagem num dragão humanoide que tem força e defesa turbinadas.

Dungeons para explorar, trabalho em dupla e dragão customizável sem microtransações

Por falar em combate, é possível cortar membros de inimigos gigantes, numa pegada bastante “visceral” que Scalebound terá, tudo em proporções épicas. Esses seres colossais certamente serão encontrados nas dungeons – aliás, várias delas estarão presentes no mundo do jogo.

O trabalho em dupla é um dos motes do título. Apesar disso, haverá momentos em que Drew terá de se separar de seu fiel dragão e prosseguir por conta própria. Os dois se unem novamente depois, mas não há o que temer: Drew pode utilizar uma série de armas. Elas são gastas conforme utilizadas, sendo que há uma barra indicando a resistência de cada uma.

O dragão será completamente personalizável. É possível comprar armaduras para ele e implementar diversas melhorias por meio de gems dropadas por inimigos. Tudo funcionará por meio de recursos obtidos no jogo. Nada de microtransações ou “pay-to-win” aqui (e essa é uma ótima notícia).

E aquele headset irado que Drew usa?

De acordo com Kamiya, o acessório serve para detectar os momentos em que o herói entra numa zona inimiga e dá foco na batalha. Mas não se enganem: o fone tem uma “utilização clássica” e também servirá para que a equipe da Platinum Games introduza todos os tipos e gêneros musicais que Drew poderá escutar durante a aventura com o dragão, algo que tem potencial para dar um toque de emoção no elo entre o personagem e o animal.

Por falar na relação entre os dois, aliás, Drew não tem um dos melhores começos com o dragão. Há momentos de tensão e conflito entre os dois, de estranhamento, acordos e desacordos. Para que a confiança seja construída, é necessário passar por esses dramas. A desenvolvedora quer um dragão visto como “um personagem real”, emotivo, e não um robô programado.

Mundo aberto ou não, afinal de contas?

Kamiya pensa que a definição de “mundo aberto” é muito abrangente e não se diz um jogador do gênero, então prefere não aplicar os termos a Scalebound.

Ainda assim, ele reforça os cenários enormes, os inimigos colossais e todos os elementos que se encaixam no mundo do jogo, que é “muito, muito grande”, segundo o artista.

Sobre o multiplayer, a Platinum se manteve vaga, mas Kamiya confirmou o modo cooperativo em quatro jogadores, cada um com seus respectivos dragões enfrentando chefões. É bem possível que um multiplayer robusto dê as caras.

De qualquer forma, Scalebound já se mostra um promissor exclusivo que deve enriquecer a biblioteca do Xbox One em 2016. Que venha!

Scalebound tem chefões épicos, elo sentimental entre dragão e herói e mundo gigante! Quais são suas expectativas? Conte no Fórum do Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: