(Fonte da imagem: Reprodução/Geeky-Gadgets)

Quando se trata de embarcar em novas categorias de produtos, a Samsung tem encontrado algumas dificuldades. No caso, o aparelho com problema da vez é o novo smartphone com tela OLED flexível da companhia, o Galaxy Round, que tem encontrado dificuldades nas vendas.

Lançado no início do mês passado na Coreia do Sul – país de origem da multinacional – o aparelho não chegou a atingir 10 mil unidades vendidas. Para efeito de comparação, o Galaxy Note 3 vendeu meio milhão de unidades no mesmo período.

Enquanto isso, a recepção pouco calorosa tem sido atribuída por alguns fatores, como a falta de disponibilidade do aparelho para ser testado em boa parte das lojas. Além disso, há relatos de que, quando o produto é procurado, a busca se dá apenas por conta da curiosidade dos consumidores, sem se converter em vendas – algo que não chega a ser surpreendente, visto o alto custo e a falta de justificativa aparente para a tela curva do aparelho.

Cupons de desconto TecMundo: