O Galaxy Y não é um aparelho high-end e, por isso, não traz um hardware capaz de colocá-lo na mesma categoria dos gadgets mais poderosos do mundo Android, como o Galaxy S4 ou o Nexus 4, por exemplo.

Entretanto, isso também não impede que o smartphone seja bastante popular – e basta conversar com algumas pessoas para já encontrar alguém com um Galaxy Y no bolso. Se o hardware não é de ponta, o preço do aparelho o torna interessante para muita gente.

Por isso, nada mais justo do que ele receber também um pouco de nossa atenção. Dessa forma, se muita gente que tem o smartphone quer explorá-lo um pouco mais, uma boa oportunidade de começar a fazer isso é realizando o root. Então não perca tempo e aprenda como fazê-lo.

Atenção

Ao rootear o aparelho, você assume diversos riscos – e um deles é o de perder completamente a garantia do seu gadget. Programas que utilizam os acessos concedidos pelo root também podem danificar o seu celular, além de existirem riscos de travamento permanente. Logo, fique atento e pense bem antes de fazer qualquer coisa.

Para que serve?

Rooteando o aparelho, você permite que qualquer programa possa ter o “acesso privilegiado” às configurações do Android. Com isso, opções como overclock ou alterações bem mais radicais no sistema operacional podem ser realizadas. Mas será que fazer o root vale a pena? 

Samsung Galaxy Y (Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

Esse assunto sempre foi e ainda deverá ser amplamente discutido enquanto o Android for o sistema móvel mais utilizado do planeta. Há riscos, mas existem também muitos benefícios. Caso queira saber um pouco mais sobre esse tópico, confira o artigo “Vale a pena manter um aparelho original de fábrica ou é melhor fazer root?”.

Primeiro passo: baixe o arquivo correto

Para realizar o root no seu Galaxy Y, você precisa primeiro copiar alguns arquivos para dentro do seu smartphone. São essas informações, quando processadas, que realizarão todos os procedimentos complexos de desbloqueio do seu aparelho.

Baixe o arquivo correto (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Fique atento, contudo, ao modelo do seu celular, caso contrário, o processo não funcionará. Assim, clique no atalho que corresponde ao seu aparelho e baixe o arquivo correto:

Após realizar o download dos dados, conecte o cabo do seu aparelho no seu computador e ative o “Armazenamento USB”. Depois de fazer isso, simplesmente copie o arquivo baixado diretamente para a raiz da memória do seu aparelho. Não é necessário criar nenhuma pasta ou mexer em nada dentro dele. Também é importante não extrair os arquivos.

Copie o arquivo RAR para o seu aparelho (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Após fazer isso, confira se copiou o arquivo correto, feche as janelas do seu computador, desative o armazenamento massivo e desligue o seu smartphone, de preferência desconectando-o do PC. É bom certificar-se também de que há uma boa carga de energia no seu gadget.

Rooteando o Galaxy Y

Agora, você precisará entrar no modo de recuperação do seu aparelho. Para fazer isso no Galaxy Y, segure os botões “Home” (aquele na parte frontal do gadget), “Volume (+)” e “Power” simultaneamente.

Entrando em modo de recuperação (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Após alguns segundos, a tela de recuperação surgirá no display do seu Galaxy Y. Assim que as letras surgirem, solte todos os botões ao mesmo tempo, cuidando para que nenhum esbarrão acabe fazendo com que algum comando seja executado.

No menu de recuperação, perceba que a sua tela não reconhece os seus toques, de modo que a navegação precisa ser totalmente realizada pelos botões físicos. Assim, utilize os botões de volume para subir e descer e o “Home” para escolher a opção desejada. Sabendo disso, utilize-os para descer até a segunda alternativa. Ali, selecione “apply update from sdcard”.

Selecione a opção correta (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Em seguida, utilize as teclas de volume para navegar entre os arquivos, buscando aquele que você acabou de copiar do PC para o seu celular. Ao encontrá-lo, tudo o que você precisa fazer é selecioná-lo e apertar a tecla “Home”.

Ache o arquivo na raiz do celular (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Quando você fizer isso, o processo de root acontecerá de forma automática. Rapidamente o seu aparelho será desbloqueado e você pode acompanhar tudo por meio da barrinha de progresso que aparece na parte inferior da tela.

Root é rápido (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Quando tudo terminar, você será reencaminhado à tela inicial do menu de recuperação. Ali, aperte em “reboot system now”. O seu Galaxy Y será reiniciado e, dessa vez, você deve deixar que o sistema operacional seja carregado normalmente.

Reiniciando (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Quando o seu Android estiver ligado, basta procurar pelo programa chamado “Superuser”.

Superuser = sucesso (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Se o aplicativo estiver instalado, isso significa que você obteve sucesso em todos os procedimentos – e que o seu gadget encontra-se desbloqueado!

Posso desfazer?

Caso você tenha se arrependido e queira “desrootear” o seu Android, pelo menos no Galaxy Y isso também é tarefa bastante simples. Na verdade, o processo é exatamente o mesmo que foi realizado na hora de desbloquear o seu gadget – somente o arquivo utilizado é que é diferente. Assim, antes de tudo, baixe os dados que correspondem ao seu smartphone:

Em seguida, realize exatamente os mesmos passos do processo de root, ou seja, entre no modo de recuperação, vá até “apply update from sdcard”, selecione o arquivo para realizar o “unroot” e aperte para que o procedimento seja feito.

Dessa vez, escolha o arquivo "unroot" (Fonte da imagem: Baixaki/ Tecmundo)

Depois, basta reiniciar o gadget para perceber que o “Superuser” desapareceu – e que o seu Galaxy Y encontra-se novamente bloqueado. Fácil, não é mesmo? 

Cupons de desconto TecMundo: