Atual estrutura do Galaxy S5 (Fonte da imagem: Reprodução/ChipWorks)

Você já sabe que o Samsung Galaxy S5 utiliza tela Super AMOLED para exibir os conteúdos aos consumidores — assim como fazia a geração anterior dos aparelhos top de linha da mesma empresa. Mas você sabe por quais motivos a tela do novo aparelho pode ser considerada superior? Nós já revelamos alguns dados neste link, mas agora trazemos explicações um pouco mais técnicas.

Uma das principais razões para a melhoria na qualidade das imagens fica por conta da estrutura de pixels organizados nos displays. Enquanto no Galaxy S4 os subpixels verdes eram um pouco ovais, na nova versão todas as cores são geradas por subpixels retangulares — assim como eram os vermelhos e azuis já na geração anterior. E não foi só isso que mudou na estrutura deles.

Estrutura presente no Galaxy S4 (Fonte da imagem: Reprodução/ChipWorks)

A partir de agora, todos os subpixels estão menores. Os verdes foram reduzidos de 23 para 19 micrômetros, os azuis de 31 para 27 micrômetros e os vermelhos de 36 para 27 micrômetros. Essa nova estrutura se soma à utilização de materiais orgânicos e permite que a eficiência das telas aumente em 27%. Quais serão os próximos passos para que a Samsung deixe as telas AMOLED ainda melhores?

Cupons de desconto TecMundo: