O que é mais danoso para um smartphone? No topo da lista, a água. Se você quer estragar qualquer hardware, basta molhar as peças. Contudo, muitos aparelhos vão ficando bem resistentes e trazem certificações IP67 — ou seja, com proteção à poeira e água. No caso, o Galaxy S5 foi o primeiro celular da Samsung a contar com essa certificação.

O S5 foi lançado em 2014. Na época, o top de linha da Sammy apresentava um hardware com processador Qualcomm Snapdragon 801, 2 GB de memória RAM, 16/32 GB de armazenamento interno e um Android com skin TouchWiz.

O regresso

Agora, segundo o Yohnap, um modelo do smartphone acabou de passar, sem querer, em um teste de resistência extremo: um homem chamado Bae Gyu-ryong, da Coreia do Sul, perdeu um S5 enquanto trabalhava em uma área rural — isso aconteceu por volta de setembro de 2015. Bae não havia configurado qualquer ferramenta de localização e também havia deixado o som desligado. Dessa maneira, a solução foi comprar outro smartphone.

De acordo o Yohnap, nesta semana, Bae estava arando o solo onde havia perdido o Galaxy S5 quando, inesperadamente, encontrou o aparelho. "Eu estava surpreso em ver que o smartphone, que passou por chuva e neve, continuava completamente funcional", disse o senhor coreano.

Para você ter uma ideia, agora, a temperatura média na Coreia do Sul está na casa dos 12°. Em dezembro, o S5 suportou uma temperatura de –3,2° — sendo provavelmente congelado, suportando a presença de água.

Com o S5 em mãos, Bae pode comemorar: agora ele tem dois smartphones. O que você acha? Será que o Galaxy S7 aguentaria esse tranco? Diga nos comentários.

Ainda vale a pena comprar um Galaxy S5? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: