(Fonte da imagem: Reprodução/PCAdvisor)

Devido a uma questão relacionada com a placa mãe do aparelho, no meio do mês passado, a associação Proteste — que tem a função de representar consumidores — entrou com um pedido para que a Samsung tomasse uma previdência em relação aos smartphones Galaxy S3 que apresentam problemas de travamento.

Ao que parece, a companhia sul-coreana não se pronunciou e nem tomou providências significativas. Por conta disso, a associação aconselha que as pessoas que estiverem com o smartphone travando entrem em contato com ela. Dessa maneira, a Proteste vai tentar entrar em contato com a empresa para resolver a questão.

Caso essa tentativa de diálogo não acabe surtindo resultados positivos para o consumidor, a Proteste afirma que é favorável a um processo judicial para que o problema seja resolvido definitivamente — e ela pretende auxiliar as pessoas que precisarem “apelar” para o trabalho de advogados e outros profissionais da justiça.

Situação daquelas delicadas...

De acordo com o que foi afirmado pela própria associação, mais de mil pessoas acabaram registrando oficialmente problemas de travamento com o smartphone da Samsung, sendo que a companhia não respondeu por isso. Assim sendo, mesmo com o S3 fora da garantia, é possível pedir a devolução do dinheiro gasto ou uma indenização de até 20 salários mínimos.

Ainda segundo os dados obtidos pela Proteste, já foi afirmado que assistência técnica da Samsung não pode resolver o problema com a placa mãe, tornando toda a situação ainda mais delicada. Dessa maneira, caso o seu smartphone apresente travamentos suspeitos, é aconselhável que você procure proteger os seus direitos.

Cupons de desconto TecMundo: