Ficou interessado em adquirir o Galaxy Note Edge, aquele phablet da Samsung apresentado junto com o Galaxy Note 4 e que tem como grande destaque a "continuação" da tela na lateral direita do aparelho? Então, prepare o cartão de crédito internacional ou vá atrás daquele conhecido que vai para o exterior: por enquanto, o Brasil não faz parte do mercado que receberá o dispositvo, pelo menos não em 2014.

O site Sam Mobile teve acesso à lista de países que receberão oficialmente o aparelho — e eles somam 25 regiões ao todo, sem contar com mercados da América Latina.

Confira a lista:

  • SM-N915F: Rússia e Cazaquistão.
  • SM-N915FY: Alemanha, Holanda, Reino Unido, Luxemburgo, Espanha, Itália, Suíça, Polônia, França, paises nórdicos (contados como somente uma região), Áustria e Portugal.
  • SM-N915G: Índia, Austrália, Singapura, Nepal.

A Dinamarca também receberá o aparelho a partir de 12 de dezembro, bem em tempo para o Natal. Além desses países, Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão já haviam sido anunciados — mas sem um estoque imenso e com lojas selecionadas.

O preço na Europa deve ser de aproximadamente 899 € (ou R$ 2.847). A Samsung já havia dito que o Galaxy Note Edge era um "dispositivo conceitual com edição limitada". Nada impede que, se ele apresentar bons resultados, novo países sejam adicionados à lista nesta ou em futuras edições da linha.

Cupons de desconto TecMundo: