A Anatel já homologou os novos phablets Samsung Galaxy Note 4 e isso torna possíveis as vendas do aparelho a partir das próximas semanas. Mas ao contrário do que se esperava, o aparelho que chegará ao mercado brasileiro não será o mesmo apresentado recentemente pela fabricante coreana. Em vez do modelo SM-N910S com processador Qualcomm Snapdragon 805, quem chegará aqui será o SM-N910C, que usa o chip Exynos 5433.

Esse processador é fabricado pela própria Samsung e conta com duas unidades de processamento interdependentes — uma Cortex-A53 quad-core de 1,3 GHz e uma Corterx-A57 quad-core de 1,9 GHz —, sendo considerado um “octa-core”. E para quem acha que isso é um problema, vale dizer que benchmarks internacionais já apontaram o Exynos 5433 como sendo mais poderoso do que o modelo mais recente produzido pela Qualcomm.

Também é interessante notar que todas as outras especificações são idênticas às presentes na versão original do Galaxy Note 4. Isso inclui as câmeras de alto desempenho (tanto a traseira quanto a frontal), memória RAM de 3 GB e capacidade de armazenamento de 16 GB com possibilidades de expansão.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 4.4 KitKat
  • Tela: 5,7 polegadas Super AMOLED
  • Resolução da tela: 2560 x 1440 pixels
  • Processador: Exynos 5433 “octa-core” de 1,9 GHz
  • Memória: 3 GB de memória RAM
  • Armazenamento interno: 32 GB, com suporte a microSD de até 64 GB
  • Câmera: 16 MP com estabilizador de imagem (traseira) e 3,7 MP (frontal)
  • Dimensões: 153,5 x 78,6 x 8,5 milímetros
  • Peso: 176 gramas
  • Conectividade: 4G, 3G, WiFi, Bluetooth, USB, NFC, IR e MHL.

Cupons de desconto TecMundo: