Há um novo dispositivo que tem virado febre entre crianças e adultos de todo o mundo recentemente. Parecido com um Segway, mas sem barra de direção, ele está sendo chamado de “skate autoequilibrado” (self-balancing skateboard, no original), mas para facilitar muitos tratam o gadget por “hoverboard”. O problema é que eles já foram a causa de pelo menos quatro incêndios desde que começaram a ser comercializados.

Esses produtos têm sido montados por companhias que não se preocupam nem um pouco com testes de segurança comuns a outros dispositivos eletrônicos e tentam apenas desovar a maior quantidade possível deles no mercado para aproveitar o hype. Por conta disso, as baterias de íon-lítio e os carregadores desses “hoverboards” não têm salvaguardas contra curtos-circuitos, superaquecimento ou qualquer outro defeito similar.

No Reino Unido, três incêndios domésticos ocorridos no mês de outubro começaram por causa de modelos desse produto que pegaram fogo enquanto eram carregados na tomada. Atualmente, 15 mil unidades do “skate” estão detidas nos portos britânicos por não se enquadrarem nas medidas mínimas de segurança para equipamentos elétricos na Grã-Bretanha.

Na semana passada, uma casa na cidade de Lafitte, no estado americano da Luisiana, também pegou fogo por causa de um dispositivo desses que estava sendo recarregado. Os residentes relataram às autoridades que ouviram um estampido no quarto onde o hoverboard estava ligado à tomada e, quando se dirigiram até lá para ver o que havia acontecido, o cômodo já estava tomado pelas chamas. Se você estava pensando em comprar um para o natal, ainda há tempo para mudar de ideia e escolher outra coisa.

Você já teve algum dispositivo eletrônico que pegou fogo espontaneamente? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: