(Fonte da imagem: Divulgação)

No ano passado o Baixaki publicou uma notícia sobre o projeto The 3rd I, idealizado pelo professor israelense Waffa Bilal. Sua ideia era implantar na nuca uma câmera digital para capturar imagens em intervalos de tempo específicos, como parte de um projeto artístico.

Bilal realmente colocou o projeto em prática e implantou uma câmera na cabeça. Contudo, precisou abortar a ideia devido a fortes dores de cabeça que vinha sentindo. O dispositivo foi implantado com três base de titânio em uma loja de tatuagens em Los Angeles. 

Mesmo com o uso de antibióticos e anabolizantes o professor não suportou as fortes dores e precisou retirar o aparelho. Porém isso não fez que ele desistisse da ideia. Segundo entrevista de Bilal para o jornal The Chronicle of Higher Education assim que a ferida sarar ele pretende tentar novamente.

As imagens capturadas pela câmera a cada 60 segundos eram enviadas para o site de um museu no Catar, como parte de um projeto artístico. O termo “The 3rd I”, que numa tradução direta significa “o terceiro eu” em inglês significa foneticamente “o terceiro olho”, um trocadilho entre as palavras.

O projeto causou polêmica e os alunos da Escola de Artes de Nova York, instituição onde o professor leciona, reclamaram da falta de privacidade. Em alguns momentos, Bilal foi obrigado a colocar uma tampa sobre a lente para cobrir a câmera.

Cupons de desconto TecMundo: