(Fonte da imagem: Reprodução/Thinkstock)
Muitos esbarram na seguinte questão quando estão mudando de smartphone: o que fazer com o antigo? Provavelmente, o novo aparelho terá funções melhores e mais funcionais que o seu velho celular — mas não é preciso aposentá-lo ou doá-lo para alguém só porque você não tem ideia de como ele ainda poderia lhe ser útil. Nesses casos, uma solução apontada pelo site CNET é transformá-lo em um bom player de mídia para sua casa ou até mesmo para o seu carro.

1 – Ganhe espaço

O primeiro passo para deixar o seu antigo smartphone como um bom player de mídia é retirar os aplicativos que não serão mais utilizados, especialmente os que requerem conexão de dados. Obviamente que não é preciso retirar todos, mas apenas os que normalmente estão relacionados a funções que já serão feitas pelo seu novo smartphone. Assim, sobrará mais espaço e desempenho para suas músicas e vídeos.

2 – Programas reprodutores de mídia

A parte essencial para que seu smartphone seja um bom player de mídia é ter um programa satisfatório para rodar músicas e vídeos nele. Winamp e VLC Media Player, por exemplo, são escolhas sólidas, pois poderão reproduzir mídias no celular sem que este precise estar conectado a um reprodutor online, como o iTunes.

(Fonte da imagem: Reprodução/Baixaki)
Além disso, com um player instalado em seu smartphone, é possível atualizar sua lista de mídias conectando o dispositivo no computador e copiando os arquivos que você tenha interesse.

3 - Streaming

Programas que efetuam o streaming — centralizando mídias e reproduzindo via Wi-Fi — poderão ser utilizados como uma forma de baixar para o aparelho algumas mídias. Além disso, usar o streaming como meio de reprodução quando se tem um fácil acesso à internet também é uma boa opção, mas ela pode não ser tão viável assim se você estiver utilizando seu antigo smartphone como player no carro, por exemplo.

4 - Armazenamento

Os dois modos possíveis de reprodução de mídias em seu smartphone — streaming ou via um programa instalado — acabam por necessitar de uma boa capacidade de armazenamento do aparelho. No caso do streaming, mesmo ele centralizando as mídias online, nem sempre a internet poderá estar disponível e o armazenamento de arquivos no celular se torna uma importante opção.

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Entre as soluções disponíveis para aperfeiçoar a capacidade do seu aparelho está adquirir um bom cartão microSD — mas, antes, você deve conferir se as configurações do smartphone permitem esse tipo de investimento, além da máxima capacidade permitida.

5 – Conexão com outros aparelhos e carregador

Além de fones de ouvido, possuir cabos e sistemas que realizem a conexão com outros aparelhos reprodutores de mídia é uma boa pedida. Com isso, você poderá conectar seu smartphone ao som do seu carro ou ao da sua casa, por exemplo, e amplificar a qualidade e alcance do áudio reproduzido.
(Fonte da imagem: Reprodução/Thinkstock)
E caso seu player de mídia seja destinado a ser utilizado no carro, é importante arrumar um carregador específico para conectá-lo ao veículo e evitar ser pego desprevenido por uma bateria fraca. Normalmente, os carregadores para isso não são muito caros, valendo a pena o investimento.

Fonte: CNET

Cupons de desconto TecMundo: