O sonho de muitos motociclistas é poder curtir suas faixas prediletas enquanto viajam pelas estradas ou pilotam nas ruas da cidade. Mas deixar de ouvir os sons no trânsito diminui a segurança e a maioria dos fones de ouvidos são pouco práticos ou confortáveis para quem usa proteção para a cabeça. O projeto indie SlimBuds promete resolver esse problema.

A versão básica do acessório custa US$ 99 (cerca de R$ 305, sem taxas) e chega ao mercado em agosto

Criado pela EAOS, da Filadélfia, os gadgets foram desenhados para caber confortavelmente debaixo dos capacetes e contemplam também ciclistas e amantes de esportes radicais. Além de um design que não escorrega da orelha, ele vem com funções de comunicação e alerta com a movimentação nos arredores.

A parte eletrônica e o software de apoio foram auditados pela Arrow Electronics, que comprovou sua viabilidade, e o financiamento coletivo para a fabricação fechou com arrecadação de US$ 280 mil, quantia 280% superior ao valor pedido inicialmente, de US$ 30 mil.

Ferramentas

Tá, mas como você pode ouvir Spotify, seus setlists ou até mesmo conversar com alguém em segurança? A EAOS elencou algumas de suas principais funcionalidades do SlimBuds:

  • Design: os fones, feitos a partir de silicone, têm tamanho e desenho que encaixam bem na orelha sob o capacete e vêm com um microfone integrado em uma base que se apoia no queixo. Isso evita que eles caiam, inclusive na hora da troca ou retirada da proteção para a cabeça, e promove conforto durante uso prolongado. Além disso, os gadgets reduzem os ruídos causados pelo vento, que são prejudiciais à saúde a partir de 65 km/h. 
  • Comunicação e segurança: a base que vai no queixo, chamada de “Chin Mic”, possui dois microfones integrados. O primeiro é dedicado às conversas do piloto e o segundo capta os sons da rua, que são enviados para o app Co-Pilot, via conexão Bluetooth 4.1. No caso de algum barulho ser identificado como crucial (a exemplo de buzinas ou sirenes), eles são enviados imediatamente para o ouvido como um alerta de trânsito. O mesmo software pode enviar mensagens com geolocalização em caso de situações de emergência e permite fazer ligações para seus contatos.

  • Controle manual: o chamado SlimRemote, uma espécie de controle remoto para os SlimBuds, funciona via Bluetooth 4.1 e permitem que você manuseie o volume do áudio, atenda chamadas e ative comandos de voz sem ter que tirar as mãos do guidom, onde são acoplados. Esse recurso foi criado para também evitar distrações no trânsito.
  • Bateria: os fabricantes asseguram que os fones podem ser usados durante 6 horas seguidas e a recarga pode ser feita a partir de uma porta micro USB padrão.

A versão básica do acessório custa US$ 99 (cerca de R$ 305, sem taxas) e o conjunto sai por US$ 169 (R$ 523). Vale destacar que o frete não está incluso no preço.

Ainda não se sabe exatamente se os fones realmente oferecem o nível de segurança que prometem e, antes de sair por aí utilizando, é preciso saber o que a legislação de cada país acha da novidade — algo indisponível no momento, porque o produto deve chegar ao mercado somente em agosto deste ano. Confira o vídeo do dispositivo:

Cupons de desconto TecMundo: