Já passou por aquela situação em que o “cecê” de alguém toma conta de um ambiente fechado, especialmente em dias de calor? Ou quando o chulé de um colega de quarto chega a ser tão insuportável que até atrapalha seu sono? Pois é, muita gente às vezes nem nota o quanto está sendo desagradável e por isso a firma oriental Konica Minolta lança o Kunkun — ou “snif snif”, traduzido do japonês —, um gadget capaz de medir a emanação volátil corporal e avisar se a coisa saiu do controle.

Japoneses têm fixação por higiene e empresas punem funcionários de "assédio por odor"

Os nipônicos têm uma fixação pela higiene e costumam apresentar o que os pesquisadores chamam de “ansiedade fragrante”: o medo de estar fedendo sem ter a noção disso. Para ter uma ideia de como levam a sério o assunto, algumas empresas chegam a punir funcionários causadores de “assédio por odor”, mandando-os escovar os dentes ou usar produtos embaixo dos braços.

Aparelho tem um tamanho discreto e cabe no bolso

“É difícil reconhecer seu próprio odor. Podemos oferecer um alívio para as pessoas, dizendo a elas o quão fedidas elas estão e livrando-as da ansiedade de não saber”, comenta Daisuke Koda, um dos idealizadores do aparelho.

Como funciona

O gadget cabe no bolso e na palma da mão e tem o tamanho discreto de um pequeno celular. Ele vem com sensores embutidos que podem detectar três diferentes tipos de odores, entre eles o combinado entre amônia e ácido isovalérico, responsável pelo famoso “cheiro de vestiário”. O aparelho também é capaz de perceber o composto 2-nonenal, que produz diacetil e emana algo parecido com um óleo de cozinha rançoso.

Empresa pretende criar derivados semelhantes para detectar odores de animais domésticos, fumantes e pessoas que exageram no perfume

Essas informações são encaminhadas para um app conectado ao smartphone do usuário, que alerta sobre o status desagradável. A Konika Minolta não quer parar por aí e já se aliou à Osaka Institute of Technology para fabricar derivados semelhantes para atuar com animais domésticos, fumantes e até mesmo pessoas que exageram no perfume.

Kunkun pode ser usado em várias áreas do corpo, especialmente nos pés e debaixo dos braços

Vale lembrar que no Japão existem banheiros com medidores de mau hálito e sabonetes específicos para homens acima de 40 anos, que estão entre os que mais sentem os sintomas da “ansiedade fragrante”. O Kunkun deve estar à venda nos próximos meses e pode custar algo em torno de US$ 200.

Cupons de desconto TecMundo: