Um grupo de estudantes da Universidade de Tecnologia de Swinburne criou um robô realmente rápido, capaz de resolver um cubo mágico (ou cubo de Rubik) em apenas 10,18 segundos. Esse tempo inclui também a análise das cores.

Para conseguir essa resolução, o robô escaneia o cubo mágico com uma webcam, enviando os dados para que o software processe as imagens e chegue ao resultado final mais rápido. A seguir, as mãos robóticas rapidamente entram em ação, finalizando o processo.

Com isso, o robô de Swinburne passa a ser o mais rápido do gênero, tornando-se o mais rápido do mundo a solucionar e executar o processo. O recorde anterior era de 18,2 segundos, afirma a Universidade.