A Microsoft publicou recentemente a sua mais nova visão de futuro para a “tecnologia produtiva”. A empresa tem feito produções como essas há muitos anos e, surpreendentemente, tem acertado muitas tendências. O que a empresa não tem conseguido acertar é o quão distante esses futuros estariam do presente. Nesse novo vídeo, a criadora do Windows traz vários aparelhos que poderiam aparecer daqui a cinco ou dez anos.

Não podemos negar que tudo isso é realmente incrível, desde os conceitos dos dispositivos mostrados até a forma como o software funciona. Aparência limpa é e realmente bonita, cheia de contrastes e cores mais sólidas do que temos usados atualmente na maioria das interfaces de softwares mais modernos.

Supertelas

O que se destaca com mais intensidade é a presença de grandes telas sensíveis ao toque por toda parte. Os personagens do vídeo estão rodeados por elas em todo tipo de ambiente, especialmente no trabalho. Afinal, o vídeo é focado em uma concepção futurista para tecnologia produtiva. Assim, coisas relacionadas ao trabalho e à integração desse ambiente com a vida pessoal dos indivíduos era mais que esperado.

Entre os dispositivos imaginados pela Microsoft, podemos destacar esse tablet dobrável que uma mulher aparece usando em uma mesa ao ar livre. Ele parece ter tela dos dois lados e ainda consegue interagir com dedos e canetas stylus.

Outro elemento interessante é o smartphone/smartwatch. Ele é basicamente uma pulseira muito interativa que se conecta a um fone de ouvido sem fio e ainda pode enviar conteúdo para telas maiores, como esse imenso tablet que a personagem acaba usando em seu trabalho.

Apesar de a realidade virtual estar presente em sala de aula e em outros ambientes, ninguém aparece usando um headset como o HoloLens nesse futuro conceitual. Será que a Microsoft espera embutir essa tecnologia de forma tão sutil como nesses elementos que aprecem no vídeo em um futuro tão próximo?