O OLED já é considerado o sucessor do LCD e do plasma, não somente para televisões, mas também para celulares e notebooks. Grandes feitos já se mostraram possíveis com a nova tecnologia, que permite usar telas com a espessura tão fina quanto um fio de cabelo, incluindo até mesmo um notebook com o monitor transparente. Imagine tudo isso sendo aplicado em nossas casas?

Foi com esse pensamento que o designer industrial Filipe Corda criou um conceito de casa do futuro, totalmente equipada com painéis OLED para desempenhar diversas funções diferentes.

OLED na casa do futuro

O fato de as telas serem finas contribui muito para o conceito criado pelo designer, já que cada um dos painéis ocupa muito pouco espaço quando se fala em espessura, funcionando como uma janela.

Alguns eletrônicos da casa seriam uma televisão, uma janela e um porta-retratos — ambos bastante grandiosos e totalmente controlados por toques. A interface gráfica para configurá-los seria algo semelhante ao iPhone, com navegação com os dedos e de maneira muito simples.

Conceito de casa com telas OLED

Fonte: Behance Network

Com a televisão, seria possível acessar menus que configuram o tamanho da área de visualização e outras opções comuns, como mudar de canal e realizar ajustes de cores. Já a janela contaria com um controlador de transparência e luminosidade — seria o fim das cortinas como as conhecemos.

O porta-retratos teria uma capacidade grande para guardar quantas fotos você quisesse. Dessa forma, você poderia deixar apenas uma imagem ou colocar para exibir todo o conteúdo em uma apresentação de slides.

Fonte: Behance Network

Veja mais sobre como funciona a tecnologia OLED no artigo "O futuro da imagem: telas OLED".