Carros contam com aparelhos como esse para escanear a cidade (Fonte da imagem: Reprodução/The Wall Street Journal)

O que não falta na TV norte-americana são séries futuristas e de investigação policial. Muitas vezes, os dois gêneros se misturam e acabam criando exatamente o que a polícia do mundo real da cidade de Nova York está começando a testar: viaturas inteligentes. Alguns carros do departamento de segurança pública da cidade tiveram scanners infravermelhos instalados em suas estruturas e alguns outros sensores que possibilitam agora aos veículos “perceber” praticamente tudo ao seu redor.

Até o momento, entretanto, a capacidade do sistema está sendo direcionada para a identificação de carros nas ruas, endereços e outros detalhes. Assim, uma viatura inteligente fazendo ronda na cidade pode identificar um carro roubado mesmo que os policiais que a dirigem sequer tenham percebido a presença dele por ali. Veículos envolvidos em crimes, com documentos irregulares e outros problemas também poderão ser identificados.

Mais gadgets

Policiais têm mais equipamento para deixar ronda mais eficiente (Fonte da imagem: Reprodução/The Wall Street Journal)

O nome do projeto que está implantando esses equipamentos em carros de polícia em Nova York é NYPD2020, que prevê ainda a instalação de leitores biométricos nos carros, impressoras para relatórios, gravadores de áudio e vídeo e transmissão de videoconferências. Alguns desses recursos, entretanto, podem não ser incluídos tão cedo, já que pode haver algumas limitações de orçamento para o programa.

De qualquer maneira, os dados que podem ser recolhidos hoje pelos carros equipados com os scanners são todos enviados e processados na central de polícia da cidade, que se mantém conectada o tempo todo com os veículos. Com isso, algumas preocupações quanto a privacidade de quem é “flagrado” pelos scanners e não tem qualquer registro na polícia foram levantadas. Dessa forma, no futuro, algumas limitações terão que ser implementadas caso os carros realmente se tornem o padrão para a polícia da cidade durante as rondas.

Ainda não existe uma avaliação mais ampla por parte da polícia de Nova York acerca do seu novo projeto por se tratar de uma novidade. Mesmo assim, com a implantação de novos recursos nos veículos, é possível que possamos ouvir mais sobre ele em algum tempo.