(Fonte da imagem: Reprodução/The Guardian)

Em questão de poucos anos, mencionar displays quando nos referirmos a um aparelho eletrônico vai ter se transformado em algo digno do passado. É o que garante Scott Huffman, engenheiro sênior da Google, que acredita que em breve estaremos cercados por dispositivos que realizam suas tarefas a partir de comandos de voz.

“Estamos olhando para um futuro no qual vamos ter toda essa variedade de dispositivos”, explicou Huffman ao The Guardian. “Temos um supercomputador dentro de nosso bolso, mas também um em nosso relógio, em nossos óculos, talvez em nossa lapela e também um em nosso laptop. Alguns desses vão ter telas e teclados, mas outros não, e vemos um número crescente de pessoas que interagem através da comunicação por voz.”

Segundo o engenheiro, hoje aproximadamente 3% da população dos Estados Unidos usacontroles por voz diariamente para interagir com produtos Android. Além disso, metade dos moradores do país possui um smartphone com essa funcionalidade, dos quais ao menos dois terços estão cientes da existência desse recurso.

Apesar de estarmos longe do futuro digno de Star Trek imaginado por Huffman, o profissional se mostra otimista quanto a suas perspectivas. No entanto, ele está ciente dos desafios que empresas como a Google vão ter que enfrentar para criar esse mundo interconectado — entre eles, problemas relacionados à privacidade dos consumidores e práticas de espionagem conduzidas por governos de diferentes países.