O futebol atual não é só respeitar a tática passada pelo técnico e correr atrás da bola: a tecnologia chegou para ficar no esporte, com sistemas que ajudam no treinamento de jogadas e estilos de jogo. No Manchester United, por exemplo, foram gastos o equivalente a R$ 1,9 milhão em um equipamento que envolve câmeras capazes de capturar cada movimento dos atletas nos treinamentos.

As câmeras são posicionadas ao redor dos campos de treinamento e foram uma exigência de Louis Van Gaal, o holandês que assumiu o comando do clube a partir desta temporada. O anterior, David Moyes, até usava equipamentos em vídeo para assistir aos lances de treinos e partidas anteriores, mas a técnica agora foi aprimorada (e encarecida).

"Temos esse sistema em tempo real em que ele [Van Gaal] pode nos assistir no campo. Muitas equipes usam, mas estamos nela com bastante detalhamento. Ele diz 'você precisa estar a 4,5 metros para a direita' e somos capazes de ver as coisas acontecendo ao vivo no gramado", disse o meio-campo Jonny Evans, em entrevista à ESPN.

Além de passar as instruções em tempo real, Van Gaal mostra a gravação aos jogadores, falando sobre o posicionamento. "Vimos um vídeo recentemente e eu estava quase 10 metros fora de posição. São coisas que você faz no gramado que o time inteiro vai sentir, pensando 'Será que estou na posição certa?', aí conferindo no vídeo para saber", conclui o atleta, que admitiu que não é fácil acostumar-se com essa e outras mudanças feitas pelo holandês. A Premier League, que é o Campeonato Inglês, começa em 16 de agosto.

Cupons de desconto TecMundo: