A Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo (FedMetalSP) confirma que cerca de 3,7 mil trabalhadores da Foxconn II — fábrica que fica no Anhenguera, em Jundiaí — decidiram aderir a uma greve por tempo  indeterminado. O sindicato afirma que cansou de dar prazos para a Foxconn, o que resultou na paralização dos funcionários para pressionar os setores patronais.

Para que fosse definida a paralização, os trabalhadores da Foxconn II de Jundiaí participaram de uma assembleia geral. Eles esperam que ainda hoje ocorram novas negociações para que a direção da fábrica possa ouvir as propostas dos trabalhadores e cedam a algumas das exigências. Vale lembrar que a fábrica Foxconn II é a única a produzir iPads fora da China, sendo responsável também pela fabricação de iPhones.

Em fevereiro de 2013, o mesmo motivo da atual greve levou os trabalhadores a outra paralização — falta de organização de cargos e salários, problemas estruturais e disparidades nas participações de resultados, segundo o próprio FedMetalSP. Como já dissemos, ainda não há previsões para que a greve seja encerrada.

Cupons de desconto TecMundo: