(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Ao que tudo indica, a Foxconn cansou de ficar apenas na sombra da grande Maçã. A companhia de Taiwan pretende investir em uma linha própria de aparelhos, visando uma independência maior em relação à parceria com a Apple.

Segundo o Wall Street Journal, um executivo da companhia garante que sua equipe está trabalhando “agressivamente” para conquistar clientes. Especuladores afirmam que metade do faturamento da Foxconn provém da parceria com a Apple, no entanto a empresa não confirma os dados.

Aparentemente, a Foxconn tem duas metas para os próximos meses: a primeira seria produzir todos os componentes dos produtos que fabrica (hoje, algumas peças são compradas de outros fabricantes e utilizadas na montagem); a segunda seria a de criar seus próprios equipamentos.

Especula-se que os gadgets com a marca Foxconn podem ser complementares aos aparelhos da Maçã, como cabos, teclados, fones e carregadores disponíveis com produtos da Apple, como o iPad e o iPhone.

Cupons de desconto TecMundo: