Tingzhen ainda se recupera no hospital. (Fonte da imagem: Reprodução/Reuters)

As histórias sobre as condições de trabalho suspeitas nas unidades da Foxconn na Ásia não são novidade para ninguém. Contudo, o mais novo capítulo dessa trama parece estar ficando complicado naquele continente. Segundo informações de familiares, Zhang Tingzhen, um funcionário de 26 anos que sofreu um acidente de trabalho, pode não ter mais as suas contas hospitalares pagas pela companhia.

Essa não é uma prática ilegal na China, onde ocorreu o acuidente, mas a empresa pretende fazer uma avaliação médica com Tingzhen em uma clínica distante para constatar se continuará pagando ou não as contas hospitalares do funcionário. Contudo, situação do paciente não é estável, e os médicos do local onde ele está internado não aconselham a remoção.

Tingzhen sofreu o acidente que o colocou no hospital enquanto trocava uma lâmpada. Na ocasião, ele foi eletrocutado e caiu de uma altura de quase 4 metros. Depois disso, no hospital, foi preciso retirar metade do seu cérebro, o que deixou o paciente debilitado até agora.

A Foxconn, que fabrica boa parte dos dispositivos da Apple, ainda não apresentou outra opção para os familiares de Tingzhen.

Fonte: Reuters

Cupons de desconto TecMundo: