A tradicional corrida de touros que acontece em Pamplona, na Espanha, é perigosa e polêmica por si própria. O evento é parte das Festas de São Firmino e envolve soltar vários desses animais pelas ruas da cidade enquanto moradores e turistas acompanham o passeio e fogem de chifradas e pisoteamentos. Só que conseguiram deixar essa prática ainda mais radical, tirando "selfies" enquanto fogem dos bichos.

Na cobertura televisiva da corrida de touros deste ano, uma pessoa foi flagrada levantando o celular e tirando selfies enquanto estava a poucos centímetros dos animais. Ele com certeza não foi o único, mas acabou capturado pelas câmeras e agora pode ter problemas — além dos decorrentes pelos ferimentos causados pelos touros.

O antes...

A ideia é garantir um mínimo de segurança aos participantes: a polícia de Pamplona proíbe qualquer comportamento perigoso no festival, o que inclui o uso de dispositivos de gravação que estejam no meio da corrida. A multa pode chegar a 3 mil euros (cerca de 9 mil reais). A modalidade de tirar fotos de si mesmo em horas radicais já é conhecida como "extreme selfie".

... E o depois.

O sujeito ainda não foi identificado, mas ficou conhecido nas redes sociais pela hashtag #eltontolmóvil ("o idiota com o mobile", em tradução livre do espanhol) —, e isso não só por apontar o smartphone para tirar a foto, mas também porque não teve um final muito feliz na corrida.

Cupons de desconto TecMundo: