(Fonte da imagem: Dicas de Fotografia)

Assim como os efeitos tridimensionais, as fotos em HDR (High Dynamic Range) não são um conceito moderno. Na realidade as primeiras imagens feitas utilizando esse recurso datam de 1850. Nessa época, os fotógrafos combinavam manualmente diferentes negativos, cada qual com um nível de exposição de luminosidade diferente. Dessa maneira, eles obtinham uma única foto representando todos os detalhes do alcance dinâmico de luz.

Resumindo, as fotos em HDR possuem alto contraste, cujas áreas mais iluminadas não ficam pálidas e as mais escuras não ficam escondidas. Entretanto, se antigamente as fotos HDR requeriam muito trabalho, hoje em dia elas são muito fáceis de serem obtidas. A maioria dos smartphones top de linha já possui o modo de alcance dinâmico embutido no app da própria câmera.

Mas por que você deveria usar o modo HDR? E, mais importante, quando a função deve ficar ativada? A seguir você descobre as respostas e confere algumas dicas para tornar suas fotos ainda melhores.

Por que tirar fotos HDR com o celular?

Primeiramente, é importante destacar que a visão humana – compreendendo aqui tanto os olhos que ficam responsáveis pela visão quanto o cérebro que cuida da interpretação da informação visual – é muito superior a qualquer câmera de smartphone, mesmo a mais moderna entre elas. Naturalmente, qualquer pessoa é capaz de reconhecer uma vasta porção de alcance dinâmico, enquanto as câmeras digitais são limitadas nesse aspecto.

Por esse razão, geralmente nas fotos de cenas em alto contraste as áreas mais iluminadas podem aparecer totalmente brancas enquanto as escuras podem sair pretas. Tudo isso dependendo das configurações de exposição. Nesse caso, o modo HDR se torna essencial. Com ele, você consegue capturar fotos, preservando um aspecto mais natural da imagem – ou seja, obtém uma fotografia que mais se assemelha à imagem vista pelos olhos humanos.

(Fonte da imagem: phoneArena)
Mas não pense que conseguir capturar imagens mais reais significa que todas as suas fotos ficarão boas. Existem inúmeros casos em que não é recomendável usar o modo HDR.

Devo ou não devo usar o HDR?

Um conselho: utilize o modo HDR de seu celular somente quando ele for necessário. Por exemplo, quando houver muita luz e sombra na mesma cena, ao tirar uma foto contra uma fonte de luz muito forte ou quando o objeto fotografado estiver sombreado. Caso você acione o modo dinâmico desnecessariamente, ele pode diminuir o contraste e a sombra natural já existente na imagem, dando a ela um aspecto menos natural.

Fora isso, você não deve capturar fotos HDR de objetos em movimento. Uma vez que a câmera precisa tirar diversas fotos para produzir uma imagem HDR, qualquer mudança na posição do objeto pode resultar em borrões ou desfoques. Por essa razão, também é importante que você fique o mais parado possível na hora de tirar uma foto.

(Fonte da imagem: Toastamistaman)
Outro dado importante: fotos HDR não combinam com agilidade. Quando você tira uma foto HDR, há um pequeno intervalo de tempo de espera antes que a máquina permita que você faça uma nova captura. Isso ocorre porque o software está processando as imagens capturadas, antes que ele possa montar o arquivo final. Portanto, se você está planejando tirar uma sequencia rápida de fotos, é melhor deixar o modo HDR de lado.

É importante ressaltar que os resultados obtidos podem variar de uma câmera para outra, devido ao modo como o sistema HDR está configurado. Alguns modelos expandem só um pouco o alcance dinâmico, outros aumentam muito e alguns são confusos e aproveitam mal essa função. Por isso é aconselhável que você tire algumas fotos HDR de teste, visando assim descobrir quais são as vantagens e desvantagens de seu smartphone.

Como habilitar o modo HDR?

Isso depende muito do modelo e da fabricante do seu aparelho, mas, normalmente, as configurações que você precisa alterar não são difíceis de encontrar.

Nos dispositivos da Samsung mais recentes, a função HDR é conhecida como “Tom Rico (HDR)” e se encontra no modo menu; já no LG, ela se chama “Tom Dinâmico”. Nos smartphones HTC mais modernos, a opção está disponível na lista de “Modo de Captura de Foto”, enquanto os iPhones possuem um botão HDR que aparece durante as sessões de foto. Assim, basta um toque para ativar ou desativar o modo de alcance dinâmico.

Caso você possua um Google Nexus 5 ou outro dispositivo que rode o Android, basta acessar o menu da câmera e habilitar a função “HDR/HDR+” a partir dele. Agora, se você tem um smartphone com o Windows 8 (seja ele um Samsung, um HTC ou um Nokia Lumia), a melhor maneira para desfrutar de um HDR decente é baixando um aplicativo na Windows Phone Store, isso porque, por padrão, o modo HDR não está presente no app da câmera.

De modo semelhante, os novos celulares da Sony, tais como o Sony Xperia Z1, não possuem um botão para habilitar o HDR manualmente. Portanto, não fique surpreso caso você não consiga encontrar as opções a partir do menu de configurações do aparelho.

Todavia, esses dispositivos conseguem tirar fotos em HDR a partir do modo inteligente automático, desde que para isso o software detecte que o método é necessário. Entretanto, vale ressaltar que alguns modelos do Sony Xperia, tal como o Sony Xperia SP, possuem um botão HDR, sendo que ele fica disponível no próprio menu do app de fotografia.

Cupons de desconto TecMundo: