Apesar das condições externas, o cartão de memória estava intacto. (Fonte da imagem: Hawaii News Now)

Uma câmera à prova d’água pertencente à norte-americana Lindsay Scallan foi perdida durante um mergulho noturno em 2007, no Havaí. Seis anos depois, e para a surpresa da garota, o aparelho foi encontrado em condições lastimáveis por um funcionário da companhia aérea China Airlines – o cartão de memória da fotográfica, no entanto, continuava intacto.

Encontrada em uma praia taiwanesa, a câmera logo foi aberta, o cartão de registro de fotos foi tirado e uma surpresa: as imagens guardadas na memória da Canon PowerShot mostravam as paisagens do Havaí – que fica a quase 10 mil quilômetros de distância de Taiwan. Assim, apenas uma questão de tempo separava o reencontro entre câmera e dona.

A câmera viajou cerca de 6.200 milhas. (Fonte da imagem: Reprodução/Google Maps)

Depois de um movimento iniciado na internet, rapidamente a história se espalhou globo afora. “Fiquei sem palavras ao saber que a câmera e as fotos antigas eram minhas. Foi incrível. Não conseguia acreditar que ela viajou tanto, durante tanto tempo, e que o cartão de memória ainda estava intacto”, disse Lindsay ao Hawaii News Now.

Para facilitar o reencontro, a China Airlines chegou a oferecer uma passagem a Taiwan para a dona da câmera. Mas Lindsay precisou recusar a oferta, uma vez que trabalha atualmente em um emprego novo. “Isso trouxe de volta algumas boas memórias e algumas fotos que eu tinha esquecido. Foi ótimo. Estou curiosa para ver o restante das imagens”, pontuou a norte-americana.

Veja algumas das fotos recuperadas a seguir, na galeria de imagens:

Cupons de desconto TecMundo: