(Fonte da imagem: Reprodução/Ed Hetherington)

O fotógrafo australiano Ed Hetherington costuma ganhar dinheiro registrando momentos especiais de casamentos. Porém, ele resolveu ir para a África, no início de novembro, para fotografar um pouco da vida selvagem do Zimbábue. No meio da aventura, ele presenciou uma cena incrível: uma leoa havia acabado de matar um búfalo.

(Fonte da imagem: Reprodução/Ed Hetherington)

Aproveitando que a felina havia deixado a caça de lado para beber água, Hetherington deixou uma câmera Canon 5D Mark II perto da presa e se afastou para fotografar o momento com uma Canon 7D e um controle remoto sem fio. Apesar de essa técnica ter funcionado bem anteriormente com elefantes e cachorros selvagens, o fotógrafo não teve a mesma sorte com a leoa, que logo percebeu a presença do equipamento e começou a mordê-la.

(Fonte da imagem: Reprodução/Ed Hetherington)

Em uma situação como essa, não adianta chorar. Pelo contrário, é preciso aproveitar o momento para tirar fotos incríveis — e foi isso o que Hetherington fez. Além de registrar a sessão de tortura que a leoa praticou com a pobre câmera, o fotógrafo também deixou que o animal apontasse o aparelho para diversos ângulos, usando o controle remoto para tirar fotos inusitadas.

(Fonte da imagem: Reprodução/Ed Hetherington)

Uma das fotos, aliás, é bem curiosa, já que a leoa acabou fotografando suas próprias fezes, o que provavelmente leva esse animal a deter um recorde praticamente imbatível: a única leoa do mundo a fotografar os próprios excrementos. Confira outras fotos da série no perfil de Hetherington no Facebook.

Cupons de desconto TecMundo: