(Fonte da imagem: Divulgação/Ford)

Um aparelho em forma de termômetro, compacto e portátil, é a nova ferramenta usada pela Ford para criar um padrão de qualidade e conforto ainda melhor na cabine dos seus carros. Ele foi desenvolvido pelos engenheiros do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia Avançada da Ford em Aachen, Alemanha, e permite medir com precisão a temperatura de contato dos materiais para identificar aqueles que o consumidor associa com conforto e qualidade.

O novo "termômetro" aquece o componente que está sendo analisado e mede a temperatura da sua superfície. Essas informações permitem aos engenheiros atribuir uma classificação de qualidade para cada material e utilizar esses dados no processo de criação dos veículos.

Percepção de qualidade

Ao tocar num objeto metálico, por exemplo, as pessoas esperam que ele esteja frio, mas, se descobrem que ele está quente, pode haver uma percepção negativa de qualidade. Isso serve para ilustrar o quanto é complexa a relação entre materiais, temperatura e toque.

"A percepção de qualidade é um fator fundamental para os consumidores da Ford na compra de um carro", diz Alexander van Laack, engenheiro de pesquisa de Tecnologia de Interior de Veículos da Ford Europa. "A habilidade de medir e atribuir valores reais a essa percepção é o passo principal para atingir e superar as expectativas do consumidor".

Segundo ele, conscientemente ou não, todos nós julgamos a qualidade dos objetos com que interagimos, usando todos os sentidos, experiências, expectativas, preferências e até fatores culturais.

Via Assessoria de Imprensa

Cupons de desconto TecMundo: