Qualquer pessoa que tenha acesso a internet e remotamente tenha alguma simpatia por carros já deve ter visto algum vídeo do Ken Block deslizando e fazendo zerinhos por aí, nas suas conhecidas e visualmente impressionante “gymkhanas”. Agora, já parou para pensar se algo do mesmo jeito fosse feito com, sei lá... drones?

Pois bem, não precisa mais ficar imaginando: os caras da Ford chamaram o campeão mundial de corridas de drones, Luke Banister, de apenas 16 anos, e seu companheiro de equipe, Brett Collis, para fazer o chamado “Dronekhana”.

É quase igual aos vídeos do Block – com direito a um Focus RS mandando uns drifts maneiros, inclusive –, só que com manobras feitas com drones e igualmente insanas!

Claro que não tem aqueles backfires maneiros do escapamento, o barulho de um motor turbo preparado nem muito menos a mesma quantidade de fumaça saindo dos pneus, mas os efeitos visuais do vídeo são muito legais.

Uma estrutura equipada com 36 câmeras GoPro foi utilizada para dar esse efeito bacana de mudança de ângulo, popularizado no filme “Matrix”, de 1999. Para pilotar as pequeninas e velozes máquinas voadoras, Banister e Collis utilizaram um par de óculos VR especial que fornece uma visão em primeira pessoa.

“É como entrar em um cockpit. O percurso era difícil e tivemos alguns acidentes – mas pelo menos o Mustang está inteiro, e isso é o que interessa”, explicou o jovem campeão sobre a "pista" criada na sede da Ford em Colônia, na Alemanha. Inclusive tem um making of do vídeo que dá uma ideia de como tudo funciona, desde o controle dos drones até o processo de filmagem – além dos acidentes:

E o menino dá o recado: "Ano que vem, Ken Block. Nós contra você. Vamos lá!" Então tá!

Cupons de desconto TecMundo: