A linha de fones Zik da Parrot é conhecida entre os entusiastas desse tipo de acessório por oferecer uma série de recursos atraentes. Aparentemente ciente da fama que seus produtos adquiriram, a companhia realizou ajustes em seu dispositivo de forma a torná-lo ainda mais chamativo.

Prova disso é o Zik 3, novo dispositivo Bluetooth que abandona de vez a necessidade de usar fios para realizar sua recarga. O produto faz isso ao incorporar um sistema wireless que permite reenergizar sua bateria simplesmente aproximando o gadget de uma base compatível. Além disso, a empresa apostou em um novo sistema de cancelamento de ruídos que faz você se esquecer do mundo ao redor assim que o acessório é colocado sobre as orelhas.

Segundo o The Verge, o fone de ouvido ainda não está isento de problemas. O maior deles é a insistência da Parrot em usar um esquema de controles por toques na caixa de som direita do dispositivo, que não responde tão bem quanto o desejado. “Esses são gestos que funcionam melhor com vidro liso, e controlar os Ziks pode se tornar uma tarefa frustrante”, afirma o redator James Vincent.

Segundo Vincent, esse problema é ligeiramente compensado pelos aplicativos da Parrot para o Apple Watch e para o sistema Android Wear. “Você pode recriar vários tipos de acústica, de um hall para concertos até um clube de jazz, e ajustar precisamente o tom do áudio com um equalizador de cinco faixas. A Parrot oferece várias opções pré-configuradas para isso, mas os usuários podem trabalhar em ajustes próprios”.

Preço e data de lançamento ainda não foram divulgados

A Parrot afirma que a bateria interna do Zik 3 suporta até 18 horas de reprodução em níveis moderados e com o cancelamento de ruídos ligado — quem usar o produto no máximo de suas capacidades deve poder aproveitá-lo de seis a sete horas. As baterias internas de 830 mAh são removíveis, o que significa que você sempre pode usar uma unidade reserva caso surja essa necessidade.

Até o momento, a fabricante ainda não anunciou a data de lançamento oficial nem o preço que deve ser cobrado pela nova geração do produto. No entanto, levando em consideração as especificações avançadas e os valores praticados anteriormente, a novidade não deve sair menos de 299 euros em seu lançamento — quantia alta, mas que não parece tão exagerada quando levamos em consideração algumas das opções top de linha já disponíveis no mercado.

Cupons de desconto TecMundo: