(Fonte da imagem: Reprodução/Coloud)

Fones intra-auriculares (in ear) são aqueles que entram no canal do ouvido e isolam boa parte do som externo, permitindo que você ouça música com qualidade sonora e com um volume mais baixo — algo bastante recomendado para quem usa fones por períodos muito longos.

Esse tipo de acessório está cada vez mais popular, sendo que atualmente a maior parte dos aparelhos eletrônicos que vêm com um fone (celulares, iPods etc) conta com um desses no seu kit. Dessa forma, as chances de que você tenha que usar um intra-auricular são grandes e é melhor aprender tudo o que você puder para conseguir os melhores resultados deles!

Engana-se quem pensa que necessariamente os maiores fones são os melhores — ou mesmo que um fone externo possui mais qualidade do que um intra-auricular apenas pelo tamanho do alto-falante. Fones internos podem ter tanta qualidade ou ainda mais do que um headphone normal, é só saber como comprar, escolher o tamanho correto e achar o melhor encaixe no seu ouvido.

Escolhendo um fone in ear

Muito mais do que para qualquer outro tipo de fone, a qualidade dos intra-auriculares é um fator que deve ser observado com muito cuidado. Isto é importante, pois esse acessório vai ser colocado dentro do canal do seu ouvido, extremamente próximo ao tímpano e outras partes sensíveis. Procure marcas consagradas — como Sony, Bose, AKG, Koss, Beats, Phillips etc — em vez de pagar mais barato em uma marca genérica.

Existem modelos intra-auriculares de vários tamanhos e marcas (Fonte da imagem: Reprodução/Sony, AKG, Koss e Bose)

Ruídos exagerados, volume fora do padrão, tamanho inadequado e materiais muito rígidos podem acabar machucando o seu ouvido. Desta forma, se você pretende adquirir um fone desses, não tenha medo de gastar um pouco mais para garantir a sua segurança — acessórios in ear que vêm junto com celulares e aparelhos de grandes marcas (Samsung, Apple, Motorola etc) costumam estar na média de qualidade e podem ser usados sem medo.

Na hora de comprar um fone desses, escolha um modelo que tenha ajuste de tamanho (ele vem com várias capinhas de silicone para escolher), seja macio e completamente maleável. É importante que a parte de silicone possa ser retirada para limpeza, caso contrário em pouco tempo o seu fone vai ficar em um péssimo estado.

Tamanho correto e modo de usar

Fones in ear normalmente vêm com três opções de tamanho para melhor ajuste (Fonte da imagem: Reprodução/Apple)

Normalmente, fones como esses costumam vir com três opções de tamanho para a capinha externa de silicone e você precisa provar todas para saber qual se encaixa melhor no seu ouvido. Nem sempre a menor é a mais confortável, já que se ela estiver muito pequena o acessório vai ficar caindo e o isolamento acústico não será efetivo.

Ao colocar o fone, é preciso que a cabeça dele se encaixe no seu canal auditivo de forma que a parte solta da capinha forme um isolamento total, sem apertar demais e sem deixar folga. Com o tamanho correto de fone in ear, você não precisa nem de música para isolar o som externo, já que ele dá conta de anular até metade do ruído ao seu redor.

Experimente tamanhos, modelos e materiais diferentes para achar o que melhor se encaixa no seu ouvido. (Fonte da imagem: Reprodução/Etymotic)

Alguns modelos possuem uma capinha de silicone “gradativa”, que possui vários tamanhos para ajustar desde o fundo do canal auditivo até a parte externa, como mostra a imagem acima. Eles costumam custar mais caro e nem sempre se adaptam completamente, portanto procure provar todos os modelos antes de se decidir; é melhor ter mais trabalho antes de comprar do que ficar preso com um fone que até é bom, mas não é o melhor para você.

Colocando o fone corretamente

(Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Pode parecer desnecessário ler e seguir instruções de como colocar um fone de ouvido, já que isso é algo extremamente natural — basta apenas inserir o acessório no canal auditivo. Porém, os fones intra-auriculares são desenhados para serem encaixados de forma única para cada pessoa e nem sempre simplesmente colocar o fone o mais fundo possível resulta na melhor qualidade de som.

Para começar, é preciso estar com a mandíbula relaxada; se possível, abra a boca para que o seu canal auditivo fique o mais aberto possível também — se você estiver colocando o fone no meio da rua, provavelmente não vai fazer isso, mas tente ao menos relaxar o maxilar. Agora vem a parte interessante: para encaixar corretamente, é preciso puxar a sua orelha para trás com a mão por trás da cabeça!

É possível usar os fones in ear com o fio por cima ou por baixo (Fonte da imagem: Reprodução/Jays)

Segure o fone direito e passe a mão esquerda por trás da cabeça, puxando levemente a orelha do outro lado para trás. Isso permite o ângulo certo da cabeça do fone e o seu canal auditivo vai estar mais aberto, não sendo preciso empurrar demais o fone para dentro do ouvido. Coloque o fone devagar e então solte a orelha para sentir o isolamento acústico.

Lados corretos

A lateralidade dos fones também é importantíssima. Por mais que eles sejam exatamente iguais fisicamente, a maior parte das músicas possui diferenciação entre o som que sai em cada lado e isso é mais bem aproveitado quando os fones estão colocados corretamente. A maior parte das marcas possui um pontinho em alto-relevo no lado esquerdo para que você possa diferenciar sem precisar ver as letras escritas (L para esquerdo e R para direito).

Alguns modelos de fones possuem diferença física entre os lados, mas mesmo que eles sejam iguais é importante usá-los corretamente. (Fonte da imagem: Reprodução/Jays)

Quando o fone é corretamente encaixado (e a capinha de silicone é do tamanho apropriado), você pode se mexer, mastigar e até balançar a cabeça sem deslocá-lo de lugar. Isso também faz com que os graves das músicas sejam sentidos de maneira mais clara, portanto, se você estiver sentindo falta disso nos seus fones, pode ser que eles estejam em uma posição errada.

Limpe os seus fones regularmente

Se você usa os seus fones todos os dias por bastante tempo, procure limpar a capinha de silicone pelo menos uma vez por semana. Para fazer isso, retire a parte de silicone e mergulhe apenas ela em água com sabão neutro ou antisséptico. Esfregue delicadamente para retirar partículas presas e então seque com um pano macio que não deixe fiapos no fone.

Com o tempo, essas capinhas de silicone podem se desgastar e é preciso trocar. Se nenhuma das opções originais servirem para você, é possível comprar capinhas especiais de outros materiais e formatos. Marcas como a Comply e a Earphone Store possuem diversos tamanhos e tipos de capinhas para personalizar o seu fone e melhorar a experiência de uso.

Cupons de desconto TecMundo: