Headsets sem fio já existem aos montes por aí, e basta andar um pouco pela cidade para encontrar várias pessoas utilizando um desses acessórios. Entretanto, fones de ouvido ainda não aparecem em grandes números nas lojas, e foi pensando no conforto e na comodidade que a Zolo anunciou o Liberty+, tido por ela como “o primeiro fone de ouvido totalmente sem fio”.

Ok, talvez eles não tenham sido tão francos assim na parte “primeiro fone de ouvido totalmente sem fio” (afinal, já temos modelos disponíveis no mercado, como o Bragi e alguns outros), mas o Liberty+ conta com um outro detalhe que pode aumentar a sua popularidade: a utilização de grafeno em sua composição.

Com o auxílio do metal, a ideia do time de criação do acessório é entregar uma qualidade de som maior para o usuário, além de adicionais, como uma inteligência artificial para ajudar a controlar a reprodução da música por meio de comando de voz, possibilidade de ficar por dentro do clima, notícias e até mesmo escolher uma das assistentes mais famosas da atualidade para ajudá-lo: Alexa, Siri, Cortana ou Google Assistant.

Caso esteja se perguntando sobre a bateria, foi mencionado que ela é capaz de durar 3,5 horas, mas há um acessório desenvolvido pela Anker (proprietária da marca Zolo) para recarregá-la e oferecer um total de 48 horas de uso. Somado a isso, o Liberty+ também conta com Bluetooth 5 para as funcionalidades sem fio e transferência de dados.

E quanto custa?

O acessório em questão ainda não está disponível no mercado, tendo em vista que a equipe de desenvolvimento iniciou uma campanha de arrecadação no Kickstarter. Ela vai acontecer até o dia 24 de julho, e a Zolo já conseguiu mais de US$ 792 mil em arrecadações – e isso é 15 vezes mais do que o valor desejado inicialmente, que era de US$ 50 mil.

A Zolo já conseguiu mais de US$ 792 mil em arrecadações – e isso é 15 vezes mais do que o valor desejado inicialmente, que era de US$ 50 mil

Para garantir o seu, basta fazer uma doação de pelo menos US$ 99 (sem taxas ou impostos, o equivalente a R$ 330). Há algumas outras categorias que oferecem mais brindes, e a ideia é que tudo comece a ser enviado aos apoiadores em algum momento de outubro deste ano.

Cupons de desconto TecMundo: