Se você simplesmente olhasse para uma foto do projeto do headphone Booster One no Kickstarter, provavelmente não se impressionaria muito com o seu design em alumínio e sua tira dupla para suporte – algo parecido com o que podemos encontrar no Sennheiser HD25, por exemplo. Mas e se eu falasse que o acessório tem sensores que permitem que ele seja usado como uma espécie de controle adicional por movimentos? É aqui que a coisa fica interessante.

Caso consigam o financiamento de US$ 20 mil que buscam em sua campanha, os idealizadores pretendem que o seu headphone chegue com giroscópios e acelerômetros embutidos para conseguir rastrear todos os movimentos que os usuários fizerem com a cabeça. O acessório contará com uma programação especial que permitirá que ações específicas sejam usadas para ativar efeitos correspondentes em alguns games, diminuindo a necessidade de apertar botões.

Movimentos com a cabeça podem ser usados para mover o mapa dos jogos, por exemplo

Na página do projeto no Kickstarter, os idealizadores mostram alguns exemplos de utilização, como a troca de armas em um game de tiro ou a utilização de poderes especiais em um jogo MOBA ao virar a cabeça para um lado. Entre todos os exemplos dados, no entanto, o mais interessante parece ser a movimentação do mapa em um jogo de estratégia – o resto parece o tipo de coisa que causaria torcicolos por fazer você repetir muito o mesmo movimento com o pescoço.

Dá tempo de pagar menos

Faltando 41 dias para o término da campanha do Booster One no Kickstarter, os desenvolvedores já conseguiram mais de US$ 8 mil dos US$ 20 desejados, então não parece impossível que a meta seja atingida. Se o produto conseguir chegar às lojas, é esperado que seu preço de varejo seja US$ 349 (cerca de R$ 1.118, em conversão direta), mas ainda é possível pré-adquirir o acessório por US$ 199 (em torno de R$ 637) por meio da campanha.

Interessado? Clique aqui para acessar a página do projeto de financiamento do Booster One.

Via TecMundo Games.

Cupons de desconto TecMundo: