Um médico de 45 anos chamado Kaldarbek Abdramanov terminou uma cirurgia cardíaca no Quirguistão usando o flash de dois smartphones para iluminar o paciente no qual estava trabalhando. A equipe do médico teve que utilizar esses aparelhos e mais uma luz de emergência encontrada na clínica tomada pela escuridão.

A operação foi feita em Tagir Karabayev, um comerciante da região de 54 anos. Ele sobreviveu e, depois do acontecido, algumas pessoas próximas explicaram o fato para o Daily Mail. Apesar do vídeo e das fotos, não há muitos detalhes sobre quanto tempo precisamente a equipe precisou ficar com os celulares no modo lanterna para completar a cirurgia.

A clínica onde a operação foi realizada não tem um gerador elétrico para evitar acontecimentos como esse, mas a comunidade da cidade de Zhalal-Abad agora está empenhada em juntar dinheiro para comprar um equipamento desses.

O blecaute foi ocasionado por um problema na rede elétrica do Quirguistão, que está enfrentando problemas para gerar energia a partir de usinas hidroelétricas. O nível dos rios por lá está bastante baixo e, por isso, a produção não consegue acompanhar a demanda.

Cupons de desconto TecMundo: