Vidro derretido, mas no fogo!

Fonte da imagem: NewtStuff

Quando se pensa em derretimento, o que vem logo à cabeça das pessoas são altas temperaturas e fogo. Não é errado pensar assim, mas quando se trata de física quântica, há outros fatores que precisam ser analisados. Foram divulgados estudos da Universidade de Colúmbia (Clique aqui para acessar a página dos autores) que apontam para reações diferentes do que se imagina.

Nestes estudos, pesquisadores afirmam que quanto mais frio, menos estáveis ficam as moléculas que compõem o vidro. Em laboratório, as alterações na temperatura são feitas de maneira mais abrupta, o que gera o chamado “caos quântico” na estrutura do vidro e, consequentemente, derrete o material.

Outra descoberta realizada pelos pesquisadores surpreende novamente. Perto do zero absoluto (menor temperatura que pode ser conseguida no universo), as moléculas do vidro voltam a solidificar o material, pois os elementos que o compõem param de se locomover.

Cupons de desconto TecMundo: