Tevatron, o colisor do Fermilab (Fonte da imagem: Symmetry Breaking)

Apesar de o Grande Colisor de Hádrons (LHC) ganhar maior destaque nas notícias sobre a possível existência das partículas conhecidas como bósons de Higgs, é provável que o Tevatron, colisor do Fermilab, tenha mais destaque na mídia durante esta semana.

De acordo com o press release publicado na internet, em um experimento feito perto de Chicago, nos Estados Unidos, os cientistas declararam ter encontrado indícios da presença de bósons de Higgs. Mas o que torna essa notícia ainda melhor é o fato de que os dados coletados pelo Fermilab se assemelham aos encontrados anteriormente pelo LHC, o que dá mais credibilidade à pesquisa, já que a tornaria replicável.

Segundo o Fermilab, o experimento demonstrou dados que sugerem a existência de bósons de Higgs com uma massa entre 115 e 135 gigaelétron-volt (GeV). Alguns meses atrás, os físicos do LHC anunciaram algo semelhante, indicando a presença dos bósons com massa entre 124 e 126 GeV.

Tanto o Tevatron quanto o LHC ainda não obtiveram os valores ideais para que possam declarar a descoberta da partícula, porém, o corpo de evidências para que isso aconteça tem aumentado. E já que as medições continuarão de maneira independente, é provável que, em um futuro próximo, estaremos relatando, aqui no Tecmundo, a confirmação que tantos esperam.

Cupons de desconto TecMundo: