O Firefox, navegador da Fundação Mozilla, acaba de ser atualizado para a sua versão 43 na última terça-feira (15). Um dos programas mais populares da categoria trouxe uma ferramenta que já havia sido prometida há algum tempo: o bloqueio da instalação de extensões "não assinadas".

Isso quer dizer que qualquer complemento que não tiver o desenvolvedor identificado e devidamente autorizado pela Mozilla não poderá ser instalado no navegador. Porém, essa proteção pode ser desativada através das opções de desenvolvedor para facilitar a vida de quem cria extensões para o navegador.

Outra novidade é a inclusão de sugestões de pesquisas quando você faz a primeira busca na barra de endereços do navegador. Ao fazer alguma pesquisa nessa área, o Firefox vai perguntar se você quer ativar essas sugestões. Caso você clique em “Sim”, sempre que você digitar alguma busca, o navegador vai mostrar algumas sugestões baseado nos caracteres que já foram inseridos, quase da mesma forma que isso já acontece no Google Chrome.

Agora o browser também permite selecionar listas adicionais para o bloqueio de sites na Navegação privada com o Tracking Protection. Essa novidade confere maior controle aos usuários sobre como suas informações são compartilhadas online, além de dar mais proteção contra rastreadores de conteúdo, como aqueles encontrados em vídeos, fotos, anúncios e ferramentas de análise de comportamentos e rastreadores nas redes sociais.

Por fim, novas opções de privacidade foram inseridas, e a versão estável de 64 bits do navegador finalmente já pode ser baixada para o Windows. Confira toda a lista de atualizações aqui. Para baixar a nova versão do Firefox, clique aqui.

Já atualizou o seu Firefox para a última versão? Gostou das novidades? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: