Um bug registrado em 27 de abril de 2001 no Bugzilla da Mozilla foi finalmente resolvido hoje (25), após 14 anos de espera. A falha número 77999 apontava um problema no interpretador de CSS do Firefox que fazia com que algumas páginas consumissem mais memória RAM do que deveriam.

O bug nunca foi considerado grave e, devido à complexidade, foi deixado de lado durante todos esses anos. Entretanto, após a colaboração de um dos desenvolvedores do plugin Adblock Plus, o problema foi finalmente levado mais a sério e solucionado.

Segundo o desenvolvedor Nicholas Nethercote, a redução no consumo de memória quando o Adblock Plus está instalado beira a casa dos 10%, e isso pode fazer bastante diferença em documentos grandes ou quando muitas abas estão abertas.

O patch apareceu pela primeira vez na compilação ESR 45 e já está disponível no Firefox 41. É interessante ver que a Mozilla está aberta a discutir e corrigir bugs antigos – mesmo aqueles que têm mais de 10 anos!

Cupons de desconto TecMundo: