Super Mario Bros. 2

Primeira grande adaptação para os cinemas de um video game, Super Mario Bros. saiu em 1993 e já indicava que talvez não fosse uma boa ideia levar a história dos cartuchos da Nintendo para outra mídia. O curioso é que, no fim do filme, a princesa Daisy pede ajuda dos irmãos Mario (sim, eles dizem no filme ter esse sobrenome!) contra outra ameaça misteriosa. Dois fãs até tentaram criar uma sequência em quadrinhos com supervisão do roteirista original, mas o projeto de verdade nunca deve acontecer.

Mestres do Universo: Parte 2

Sim, He-Man já virou filme! Foi em 1987 com Dolph Lundgren de protagonista e personagens como o Esqueleto e o Mentor. A história se passa só um pedaço em Eternia e outro na Terra, já que seria muito caro recriar todo o mundo em que a trama originalmente acontece. Depois dos créditos, o vilão indica que sobreviveu ao confronto final, mas o filme original não foi bem aceito e o projeto foi cancelado. Cenários e figurinos estavam prontos (reaproveitados de um filme chamado Cyborg, com Jean-Claude Van Damme) e a história traria He-Man disfarçado como um jogador de futebol americano.

Trilogia Fronteiras do Universo

“A Bússola de Ouro”, de 2007, adaptou com certa competência o primeiro livro da trilogia Fronteiras do Universo, de Phillip Pullman, além de ter bons efeitos visuais. Só que o filme não foi bem de bilheteria nem se estabeleceu como franquia. Além disso, a crise econômica de 2008 e críticas da Igreja Católica sobre a história arquivaram a adaptação de "A Faca Sutil" e "A Luneta Âmbar".

A Reconquista 2

O filme "A Reconquista” (2002) é baseado em um livro escrito pelo fundador da cientologia e traz John Travolta como um vilão alienígena da raça Psychlo. Esse é considerado um dos piores blockbusters já lançados: até o roteirista original, demitido por se recusar a alterar a história, pediu desculpas publicamente pelo resultado. Parte da equipe queria uma continuação, mas ela não aconteceu. A sequência adaptaria a segunda metade da obra original, que tem mais de mil páginas.

Lanterna Verde 2

A Warner Bros. saiu correndo para frear o avanço da Marvel nos cinemas em 2008. O resultado? “Lanterna Verde”, com Ryan Reynolds no papel principal. O uniforme ficou feio, o roteiro não era lá essas coisas e a produção só conseguiu um lucro mínimo. A ideia era transformar o herói na nova franquia da DC Comics no cinema, mas a série não passou do original e hoje é até ignorada pelo estúdio (além de virar piada em “Deadpool”, que fez Reynolds trocar de estúdio e empresa de quadrinhos).

Cupons de desconto TecMundo: