Quer fazer o seu próprio vídeo caseiro? Então você está no lugar certo. Nesta matéria você vai aprender todos os passos da criação do vídeo, da gravação dele ao compartilhamento pela internet. Para isso, você vai precisar de:

1. Uma câmera de vídeo (pode ser uma filmadora, uma câmera digital que capture vídeos, uma webcam ou até o seu celular, desde que a resolução seja boa);
2. Um pacote de codecs;
3. Um software para editar o seu vídeo;
4. Uma conta no YouTube.

Primeiro passo: a captura de seu vídeo

Com a sua câmera, você precisará gravar todas as cenas que irá utilizar no vídeo. Depois disso, será necessário enviar o que foi capturado para o seu computador. Isso depende muito do dispositivo que você utilizou, se foi uma gravadora analógica ou uma digital.

Caso você tenha utilizado uma gravadora analógica, o processo será um pouco mais complicado. Primeiro de tudo, você precisará ter uma placa de captura em seu PC. Depois disso, você vai precisar de um software para realizar a captura dos vídeos, que normalmente vem junto com a placa de captura. No Baixaki você também encontra diversos softwares que realizam o trabalho, como o Video Ghost.

Por isso o recomendado é que você utilize uma gravadora digital, ou seja, que tenha ligação direta com o PC, seja pela porta USB ou FireWire, pois assim é possível transferir os arquivos de vídeo diretamente da câmera para o seu PC.

A maioria das câmeras fotográficas digitais (principalmente as mais novas) vêm com a função para gravar vídeos. E, normalmente, estes vídeos são salvos no formato MOV (compatível com QuickTime). Os celulares mais atuais também trazem a função para gravar vídeos com uma qualidade de captura um pouco melhor, ou seja, com pelo menos uma resolução de 320x240 pixels (ou até 640x480px). O formato dos celulares comumente é 3GP.

Devido à essa variedade muito grande de formatos, nós recomendamos que você instale algum ótimo pacote de codecs, podendo ser o K-Lite Mega Codec Pack ou o ACE Mega CoDecS Pack), por exemplo.


Segundo passo: editando o seu vídeo

Assim que você realizar a captura e transportar tudo para o seu computador, já é possível começar a editar. O formato recomendado para editar um vídeo é o AVI padrão, sem compressão alguma. Mas você também pode utilizar um arquivo que esteja em MPEG ou WMV. Caso você tenha vídeos em outros formatos, recomendamos alguns softwares que realizam a conversão dos vídeos facilmente e com eficácia: FormatFactory e Free Studio Manager.

Depois de ter todos os vídeos prontos para editar, basta abrir o seu programa de edição favorito. Há diversas alternativas gratuitas e pagas — tudo depende do nível de profissionalismo que você quer alcançar. Para edições básicas, o Windows XP e o Vista já trazem junto o Windows Movie Maker, enquanto que os Macs contam com o iMovie. Aqui iremos utilizar como exemplo o Movie Maker.

Utilizando o Movie Maker

Abra o seu MovieMaker em Iniciar > Programas. Caso você não o encontre, tente ir em Iniciar > Executar e digite moviemk. Quando o programa for aberto, você se deparará com uma interface bem simples: no lado direito a visualização do seu vídeo, embaixo o storyboard ou a linha do tempo e no meio os vídeos que você importou.

Primeiro de tudo você precisará importar os vídeos que serão utilizados na edição. No lado esquerdo da tela, clique em Importar Vídeos. Assim, todos os vídeos importados vão aparecer no meio da tela.

Abra o Windows Movie Maker e importe os vídeos.

Escolha a parte e divida.A edição de vídeos funciona basicamente com o uso de cortes. Aqui, neste caso, você usará a ferramenta chamada Dividir. Ou seja, depois de importar o vídeo, clique nele e em Play. Assim que chegar a parte em que você quer dividir o vídeo em dois, Pause e clique em Dividir. Dessa forma, você pode dividir o vídeo em várias partes e excluir os pedaços que não deseja utilizar. Normalmente você corta o começo e o final de um vídeo e utiliza apenas o meio, que contém o que você quer. Se o vídeo já está perfeito, você pode pular esta parte do corte.

Depois de realizar o corte, arraste a parte desejada do vídeo para o StoryBoard. Esse processo todo deverá ser repetido com cada vídeo (ou parte de vídeo) que você quer que apareça no resultado final. Outra maneira de visualização é a Linha do Tempo. Você pode alterar para ela clicando em StoryBoard > Linha do Tempo.

Na Linha do Tempo você verá detalhadamente a edição do vídeo dividida em partes (Vídeo, Áudio e Título). Esse tipo de visualização também permite os cortes dos vídeos que já estão inseridos arrastando o mouse das bordas para dentro.

Visualização de linha do tempo.

Para adicionar sons ao fundo, você deverá fazer o mesmo que fez com o vídeo: importá-lo, realizar o corte (se necessário) e arrastar para o vídeo. Neste caso é melhor utilizar a visualização de linha do tempo, pois basta arrastar das coleções para a parte de Áudio/Música na Linha do Tempo.

No caso das Transições, o melhor modo é o Storyboard. Para ver os diversos tipos de transição de um vídeo para o outro, basta clicar em Transições. Quer utilizá-la entre dois vídeos? Então é só arrastar a transição desejada até o meio deles. Já para adicionar efeitos, você pode clicar com o botão direito e escolher Efeitos. Diversos tipos de efeitos especiais simples podem ser adicionados sobre um clipe (não sobre todo o projeto), como cores monocromáticas, efeito de filme antigo, etc.

Adicionando trasições no vídeo.

Já os títulos são encontrados em Ferramentas > Títulos e Créditos. A princípio, há quatro opções de títulos: no início, antes do clipe selecionado, sobreposição de título no clipe e créditos ao final. Escolha qual deles você deseja utilizar e você será levado para outra tela, em que já é possível digitar o texto. Você pode personalizar a cor de fundo, do texto e a fonte desejada, clicando em Alterar a fonte e a cor do texto. Já a animação dele (como ele irá aparecer posicionado e utilizando efeitos) é definida em Alterar a animação do título.

Terminou o seu trabalho? Então salve-o em Arquivo > Salvar Projeto. Agora você já pode exportá-lo. Clique em Arquivo > Publicar Filme (ou Salvar Arquivo de Filme). Escolha o local em que irá salvar (Meu Computador), dê um nome para o arquivo, escolha o local de destino e defina qual a qualidade que será usada. Na primeira opção, Melhor Qualidade para Reprodução no Computador, você salvará com todas as características no máximo e a qualidade do vídeo ficará ótima.

Na segunda opção você escolhe para salvar com um tamanho pré-definido, como 20 MB, por exemplo. Isso influenciará muito na qualidade, que será exibida no pé da página, com a resolução e a taxa de bits (quanto mais, melhor a qualidade). Como você irá enviar para ser visualizado na internet, o recomendável é que você não exagere na quantidade de bits (em torno de 450 kbps já é bem aceitável). Seu vídeo será salvo em WMV.


Terceiro passo: enviando para o YouTube

Agora que o vídeo está pronto, você pode enviá-lo para o YouTube. Se você ainda não tem uma conta, basta clicar em Inscreva-se ou neste link aqui. Depois de fazer seu login, clique no botão Enviar, localizado no topo da tela. Quando você for direcionado para outra página, escolha um título para o vídeo no YouTube, escreva uma descrição e adicione as palavras-chave (elas são importantes para que as pessoas encontrem seu vídeo na busca).

Envie seu vídeo, com descrição e título.

Há outras opções, como de divulgação, em que você pode deixar o seu vídeo privado ou público e de data e localização, para informar em que local e dia foi feito o vídeo. Mas são totalmente opcionais. Terminando de escolher estas opções, clique em Enviar um vídeo.  Agora basta procurar pelo seu arquivo de vídeo e clicar em Enviar vídeo. Aguarde o processo de envio chegar a 100% e pronto.

Quando você enviar, é possível que demore um pouco para que o seu vídeo seja aprovado e entre no ar. Mas logo que isso acontecer, você verá ele aparecer em seu canal, que é exibido clicando em seu nome no topo da tela. Dentro de seu canal estarão todos os seus vídeos. Outra maneira de ver seus vídeos é clicando em Conta > Meus vídeos.

Na página em que é exibido o seu vídeo você poderá pegar as URLs (endereços) que irão levar as outras pessoas ao seu vídeo. Há dois campos: URL (link direto para o vídeo) e Incorporar (código HTML para colar no layout de seu blog). Agora é só copiar o endereço do seu vídeo e enviar para os seus amigos!

Copie os endereços e envie para seus amigos!

Cupons de desconto TecMundo: