O mercado de action cams, aquelas filmadoras mais indicadas para serem acopladas em atletas ou equipamentos na gravação de esportes radicais, pode balançar em breve. Um novo modelo recém anunciado traz uma tecnologia inédita, mas que é essencial para o bom funcionamento desse tipo de produto.

A câmera Arc, da fabricante Revl, é a primeira da modalidade com estabilizador de imagem motorizado e embutido. A partir de ímãs, ela mantém a câmera parada e evita que a imagem trema. Isso significa que você pode tremer, girar, saltar e balançar sem problemas: o vídeo ficará o mais "reto" possível.

O ajuste combina meios digitais e manuais: até o suporte do aparelho fica firme, mas se movimenta de acordo com o local em que está fixado para não deixar o material artificial demais e manter o espírito de aventura.

O GIF abaixo foi produzido pela fabricante e não pode ser 100% comprovado, mas faz uma boa publicidade do produto:

Mais que só um estabilizador

A concorrência com modelos como a GoPro será pesada. Impermeável e resistente contra pancadas, a Arc tem um sensor da Sony de 12 MP e pode capturar até em 4K com 30 frames por segundo.

Giroscópio, altímetro e acelerômetro são só alguns dos sensores da Arc para aumentar a estabilização, inclusive por meios digitais. Ela pode ser pareada com outros dispositivos, como sensores de frequência cardíaca, e tem um algoritmo bem interessante no app. O software da câmera pode usar esses dados para marcar quais são os momentos de maior adrenalina da filmagem, facilitando para você na hora da edição.

A Arc foi financiada com sucesso no IndieGogo e recebeu financiamentos de fora, o que significa que a empresa vai mesmo cumprir a promessa. O valor de varejo será de US$ 500, mas por enquanto ainda é possível encomendar uma no site de financiamento coletivo por US$ 379.

Cupons de desconto TecMundo: