Para quem ainda se lembra, vale reconhecer: a simulação da Electronic Arts Sports conduzida no mês passado realmente acertou o campeão da última Copa do Mundo — tendo corretamente apostado no tetracampeonato da Alemanha.

Ok, não foi um acerto completo. Na verdade, os resultados obtidos pela publicadora haviam colocado uma final entre Alemanha e Brasil, com resultado de 2 a 1 — o que, convenhamos, teria sido muito mais honroso. Confira a previsão completa abaixo:

“Na simulação da EA Sports, a final foi uma batalha épica entre Brasil e Alemanha, repetindo o que foi visto na Copa do Mundo de 2002. Os brasileiros começaram melhor, sobrepujando a Alemanha com a sua habilidade, velocidade e liberdade em campo. Inicialmente, a pressão foi criada conforme Neymar encontrou espaço por trás da linha de fundo da Alemanha, driblando Manuel Neuer no um-a-um, transformando-se no goleador do torneio durante o processo (com seis gols).

“Conforme o jogo continuou, a resistência dos alemães foi fixada e encontrou seu ritmo. Ao final da partida, Per Mertesacker deixou tudo igual, concluindo com uma cabeçada após o belo escanteio dobrado por Mesut Özil.

“O sonho do Brasil de um final de conto de fadas foi esmagado na prorrogação, quando o substituto Miroslav Klose reagiu rápido diante de uma bola perdida, fazendo um gol de dentro da área, inscrevendo-se como o maior goleador das copas da FIFA de todos os tempos (16 gols). Com a vitória, a Alemanha conquistou sua quarta copa do mundo.”

Mas há que ser justo: seria difícil para qualquer programa, baseado em lógica, prever algo semelhante ao que foi visto (ou não seria?). De qualquer forma, vale ponto também para a EA pela previsão (um tanto fácil) do recorde batido por Klose — já que, infelizmente, não foi a vez do Neymar Jr.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: