A internet de fibra ótica, podemos dizer, é o próximo passo de banda larga quando falamos em conexão cabeada ou ADSL. Mais velocidade de download e maior taxa de upload são alguns dos benefícios que ela oferece e, de acordo com um relatório da Anatel, o uso da fibra ótica vem crescendo no Brasil, o que é uma boa notícia.

Por outro lado, a má notícia é que o uso da fibra ótica no Brasil atinge apenas 5,77% das conexões de banda larga. Isso significa que a maior parte da população brasileira ainda não tem acesso aos benefícios da fibra, seja por falta de dinheiro para assinar um plano ou falta de estrutura das operadoras em oferecer a conexão para mais pessoas.

Net, Telefônica e Oi somam 84 de cada 100 acessos

Como indicou o pessoal do Convergência Digital, em julho de 2016, o Brasil marcou 26,3 milhões de acesso fixos a internet. Uma alta, apesar de baixa, quando comparamos com janeiro — foram 837,5 mil acessos a mais.

Sobre operadoras, Net (Claro), Telefônica (GVT) e Oi somam 84 de cada 100 acessos. A líder, Net, tem praticamente um terço dos acessos feitos por modem cabeado, somando 32,4%.

Operadoras “pequenas”, com cerca de 50 mil clientes, somam 9,94% — a TIM Live, uma das mais conhecidas a oferecer a fibra ótica, não é uma gigante, mas passou dos 300 mil clientes. No Brasil, a internet com mais velocidade de downloadupload é acessada por mais de 1,5 milhão de pessoas.

Por último, a Anatel indicou que a maioria da banda larga no Brasil ainda é acessada via xDSL, formando 50,9%.

Cupons de desconto TecMundo: