Majed Moughni culpa o Facebook pela derrota

Fonte da imagem: Majed Moughni / Divulgação

Um advogado que concorreu a uma vaga no Congresso dos Estados Unidos nas eleições de 2010 está processando o Facebook. A alegação é que a rede social seria a principal responsável pela sua derrota.

Segundo Majed Moughni, o candidato derrotado, o Facebook apagou a sua página na rede social, sob a alegação que a campanha política gerava spam. Fora da lista dos candidatos, Moughni ficou em quarto lugar nas votações primárias do estado de Michigan.

No processo, o político pede ainda que o seu perfil seja desbloqueado e que o Facebook permita que ele o utilize na próxima eleição. Segundo ele, o acesso aos seus 1,6 mil contatos é muito mais valioso do que qualquer quantia em dinheiro que poderia receber. 

Cupons de desconto TecMundo: