O Facebook protagonizou um caso polêmico nos últimos dias. A versão em inglês da rede social tinha a possibilidade de expressar o sentimento de “estar se sentindo gordo” na atualização de status, algo que incomodou a organização sem fins lucrativos Engangered Bodies (Corpos Ameaçados).

Por conta disso, a ONG iniciou um abaixo-assinado para que essa opção desaparecesse da rede social, pedido que foi recentemente atendido pelo Facebook. ‘’Eu sempre tive essa ideia de ‘eu sou gorda’, ‘eu me sinto gorda’, mas quando eu dizia isso, não era, na verdade, como eu estava me sentindo. Eu estava na verdade sentindo raiva de mim por não ser boa o suficiente, mas eu simplificava esse sentimento com o ‘eu me sinto gorda’. Eu nunca me senti gorda. O que eu senti era que não era boa o suficiente’’, disse Catherine Weigarten, uma das organizadoras do abaixo-assinado.

"Fat is not a feeling", promove abaixo-assinado.

Facebook se explica

Por meio de nota, os representantes da rede social esclareceram alguns pontos sobre o ocorrido: “Nós ouvimos de nossa comunidade que listar ‘se sentindo gorda’ como uma opção para atualizações de status poderia reforçar uma imagem corporal negativa, particularmente para as pessoas lutando com transtornos alimentares. Então, estamos removendo-o”.

Catherine havia reforçado o seu posicionamento antes da retirada do emoticon: “Acho que a intenção era ser engraçado, mas ver isso me deixou irritada. Quando usuários do Facebook colocam ‘se sentindo gordo’ em seus status, eles estão zombando de pessoas que se consideram acima do peso, o que pode incluir pessoas que sofrem de distúrbios alimentares. Isso não é legal”.

Catherine Weigarten, uma das organizadoras do abaixo-assinado.

Não é no Brasil. Mas e se fosse?

O caso parece não ter muita repercussão em nosso país, mas e se esse emoticon estivesse disponível na versão brasileira da rede social? Provavelmente teria causado a mesma polêmica que preocupou algumas pessoas nos últimos dias.

O Facebook ainda reforça que os “usuários usam a rede social para compartilhar seus sentimentos com amigos e ajudam uns aos outros”. E ainda diz que a lista conta com mais de 100 emoticons disponíveis e que foram criados a partir do que as pessoas compartilhavam em seus perfis. Dessa vez, entretanto, a empresa teve que voltar atrás.

Cupons de desconto TecMundo: