No último domingo (26), Dilma Roussef foi reeleita para ser a presidente do Brasil pelos próximos quatro anos. Porém, muitos eleitores estão indignados com a situação e, por conta disso, usando as redes sociais para expressar o descontentamento. 

No Facebook, por exemplo, vários usuários estão enviando mensagens na página do Exército Brasileiro com pedidos de ajuda e até a solicitação de uma intervenção militar. Há comentários com as letras “SOS”, além de outras publicações que também tratam do mesmo assunto. 

Veja a seguir algumas das mensagens que apareceram na página do Exército Brasileiro: 

“Exército! Nossos heróis não reconhecidos! Contamos novamente com vocês! Vcs são necessários já!!!!!” 

“Movimento militar jááá... não queremos esses esquerdistas terroristas no governo... As forças armadas... a verdadeira defensora da pátria e da democracia... o Brasil precisa de vocês...” 

“Caros generais, não permitam que nossa pátria seja jogada nas mãos de comunistas que querem saquear todas as nossas divisas e roubar nossa liberdade de expressão e livre arbítrio. Vocês são os guardiões da pátria e os únicos que podem nos livrar dessa maldição! Contamos com o vosso voto de defender nossa nação a qualquer custo!!” 

Usuários contra a ideia de intervenção 

No meio dos comentários solicitando a intervenção dos militares, há aqueles que discordam da ideia e se mostram assustados com a postura de algumas pessoas. 

“Ainda nesse negócio de golpe militar? Não se conformaram. Ficam querendo golpe militar, mas não viveram a época da ditadura na pele. Se soubessem o que é um golpe militar, nunca falariam essa bobagem.” 

“Aguardando ansiosamente por uma nota de repúdio do Exército Brasileiro acerca desses extremistas disseminadores de ódio”, escreveu outra usuária.

Cupons de desconto TecMundo: